Rodrigo Goulart
1286 ARTIGOS
Jornalista da editoria de esporte, Rodrigo aborda os lances da rodada e o que acontece no esporte do Estado. Visão crítica e apurada de quem entende do assunto.

Chape na A! Permanência com a marca da mobilização em Chapecó e região

Objetivo alcançado! Chapecoense estará pelo sexto ano seguido na Série A. Para uma cidade de 216 mil habitantes, é um feito, uma façanha que devemos valorizar, no que pesem as dificuldades enfrentadas para evitar o rebaixamento. O Verdão é o legítimo representante do interior do País na elite do futebol brasileiro.

Uma permanência com a marca da mobilização. Foi recuperado o DNA. Nesta reta final de Brasileirão, houve aquela sinergia que torna a Chape imbatível na Arena Condá. Quando clube, torcida e imprensa fazem a sua parte, ninguém segura o nosso querido clube do Oeste catarinense. Lutamos contra gigantes, por isso, aqui, a união é um item indispensável.

Neste domingo (2), a Chapecoense, Chapecó e a região mostraram que, quando querem, podem. Quando há o engajamento, nada é impossível para nós. Que venha 2019.

Primeiro tempo

Três lances foram decisivos no primeiro tempo de Chapecoense x São Paulo. Logo aos quatro minutos, o árbitro Wilton Pereira Sampaio, que tem um histórico de falhas na Arena Condá, sonegou um pênalti legítimo – em minha visão, mas respeito opiniões contrárias – em favor do Verdão. Aos 24, Nenê ficou cara a cara com Jandrei, porém, conseguiu a proeza de mandar a bola – pasmem – para a lateral. Aos 39, Wellington Paulista carimbou a trave. A Chape foi ligeiramente melhor na etapa inicial, mas não balançou a rede.

Segunda etapa

Tecnicamente, o segundo tempo foi de uma pobreza técnica de doer da cabeça ao garrão. Os dois times abusaram dos erros de passe. As chances de gol se tornaram escassas. De qualquer forma, por parte da Chapecoense, não faltou entrega. O empenho dos jogadores foi decisivo. Na sua especialidade, Leandro Pereira balançou a rede, no gol da vitória (1 a 0). Devemos concordar que houve impedimento no início da jogada. O técnico Claudinei Oliveira tem muitos méritos na permanência do Verdão na Série A. Deu consistência ao meio de campo nas últimas rodadas e o time evoluiu. Foi bem.

1 COMENTÁRIO(S)

  1. Chapecoense continua na Série A! Mereceu pela história que fez ao longo do caminho e é o único clube que torcedores de outras agremiações fazem questão de trazer no lado esquerdo do peito. Me orgulho de ser torcedor do Santos e do Verdão, que aos pouquinhos foi me conquistando e compartilhando meu coração alvinegro!

DEIXE SEU COMENTÁRIO