Audrey Piccini
986 ARTIGOS
Audrey Piccini Jornalista formado pela Unochapecó com pós-graduação em Relações Públicas pela Universidade de Passo Fundo (UPF), experiências internacionais na África do Sul e Irlanda e visão particular para analisar o cenário político Chapecoense e Catarinense.

Gestão na saúde

O governo de Santa Catarina anunciou, no início da noite de quinta-feira (14), que as mudanças na gestão da Secretaria de Estado da Saúde permitiram quitar 60% da dívida com credores. Teriam sido investidos R$ 740 milhões, somente nesses primeiros meses de 2019, sendo R$ 100 milhões somente para pagar dívidas.

A pasta passa por um pente-fino para identificar alternativas de gestão aprimorada dos recursos públicos, com economia e aperfeiçoamento dos serviços. O trabalho também é no sentido de recuperar a credibilidade junto a fornecedores que em função dos atrasos haviam desistido de vender ao governo.

Últimas notícias

“Em dois meses de trabalho, quitamos as dívidas com 437 fornecedores e também buscamos contemplar parcialmente os outros 222. Com isso, vários fornecedores voltaram a participar das licitações, o que amplia a concorrência”, disse o superintendente de Gestão Administrativa, Vanderlei Vanderlino Vidal.

É inegável, pelo menos nesse primeiro momento, que o governo de Carlos Moisés (PSL) está comprometido em fazer o que é correto e sanear as contas públicas. Se encerrar o mandato com essa missão cumprida, já terá feito muito, nas se tirar obras importantes do papel, principalmente no interior, merecerá um monumento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO