Cezar da Luz
136 ARTIGOS
Cezar da Luz é gaúcho de São Gabriel, aquerenciado há 40 anos em Chapecó. Na imprensa é colunista do Diário do Iguaçu/Folha de Chapecó e há 16 anos apresenta o programa Chama Nativa na Rádio Super Condá Am 610. Também é pesquisador e palestrante da história e cultura gaúcha.

Mano Lima para comemorar os 22 anos do CTG Recanto dos Tropeiros

É neste sábado (2) que o CTG Recanto dos Tropeiros, no Faxinal dos Rosas- Chapecó, comemora os seus 22 anos. Eles convidam a gauchada para o jantar-fandango. A festa traz um delicioso costelão e acompanhamentos, além de fandango com animação de Mano Lima e Grupo M’Bororé. Mesas nos valores de R$ 220, R$ 200 e R$ 180 (dependendo da localização). Contatos: Odair Perosso (99900-2199), Diogo Rizzi (98835-1860) e Revelino (98801-2183).


Parabéns, CTG Recanto Dos Tropeiros: 22 Anos de Tradição


Nos anos 90, um grupo de amigos da comunidade de Faxinal dos Rosas e das comunidades vizinhas se reuniam para fazer brincadeiras campeiras, como tiro de laço. Em 1996, esse grupo de amigos oficializou a formação de um piquete, no qual foi eleito para ser patrão o senhor Jarbas Liebel. Em março de 1997, devido ao crescimento de participantes do piquete, a patronagem fez uma reunião na comunidade do Faxinal dos Rosas e formou o Centro de Tradições Gaúchas Recanto dos Tropeiros, tendo como patrão o senhor Jarbas Liebel.


Da primeira sede à construção do galpão

Sua primeira sede foi construída na propriedade do senhor Genésio Pedroso da Silva. No ano 2000, o patrão Jarbas pediu afastamento. Assume como patrão o capataz Genésio Pedroso da Silva. Em 2001, assume o patrão João Pedroso; em 2003, Itelvino da Silva; em 2006, Ademar dos Santos; em 2008, Pompilio da Silva Filho. Neste ano, por meio de doação da prefeitura, conquistam uma nova área de terra de 20 mil m2. Começaram a fazer mutirões quase todos os domingos para a construção do galpão. Pompilio da Silva Filho continua como patrão do CTG. Dia 16 de dezembro de 2011 ocorreu a inauguração do galpão, com um grande baile animado pelo grupo Os Monarcas.


Forma-se a invernada artística

No começo de 2011, formou-se a invernada artística adulta. Em 2013, mais um desafio: a entidade sedia a 5ª etapa do Festival Regional da Cultura Gaúcha (FRCG). Em 2014, Ari Luckmann assume a patronagem e formou-se a invernada mirim. Em 2015, a invernada juvenil. Dia 16 de abril de 2016, Lauri Zanrosso assume como patrão. Em 18 de março 2018, reassume como patrão o tradicionalista Pompilio da Silva Filho. Desde sua fundação, o CTG promoveu grandes shows e fandangos, participa de rodeios e festivais artísticos, cavalgadas e eventos culturais. Hoje, forma uma grande família. Tudo o que conquistaram é graças à união e boa vontade dos sócios. Trazem o lema “Arte e tradição fazem parte do nosso cotidiano” Parabéns ao patrão Pompilio e toda patronagem e associados do CTG Recanto dos Tropeiros pelos 22 anos de uma linda história, escrita com muito trabalho e dedicação.


Patrão Pompilio da Silva Filho e sua prenda Diana




DEIXE SEU COMENTÁRIO