Rodrigo Goulart
1348 ARTIGOS
Jornalista da editoria de esporte, Rodrigo aborda os lances da rodada e o que acontece no esporte do Estado. Visão crítica e apurada de quem entende do assunto.

Sobre a ausência da Chapecoense na grade da TV no Catarinense

A Chapecoense não está em nenhum dos cinco jogos do Catarinense escolhidos até o momento para passar na TV. Detentora dos direitos de transmissão do campeonato, a NSC vai exibir Joinville x Avaí (2ª rodada), Figueirense x Avaí (4ª rodada), Avaí x Criciúma (6ª rodada), Tubarão x Avaí (7ª rodada) e Joinville x Criciúma (8ª rodada). Os demais confrontos a serem transmitidos ainda não foram divulgados. Uma partida por rodada, sempre aos domingos, será mostrada na telinha em canal aberto.

A Chapecoense é o único dos considerados cinco grandes que não terá duelos transmitidos nas oito primeiras rodadas do Catarinão deste ano. Discorrer sobre a importância da Chapecoense para o futebol de Santa Catarina é totalmente desnecessário. O Verdão dispensa apresentações, por isso que surpreende o fato de ter sido preterido da grade na primeira metade da fase classificatória. O Avaí, por sua vez, estará em quatro das cinco primeiras transmissões da TV aberta. Que moral, hein Leão da Ilha?

E sobre os valores?

Cotas da TV aberta para o Catarinão 2019: Avaí, Chapecoense, Criciúma, Figueirense e Joinville, R$ 450 mil cada. Brusque, Hercílio Luz e Tubarão, R$ 250 mil cada. Marcílio Dias e Metropolitano, R$ 200 mil cada. Portanto, a divisão dos R$ 3,4 milhões se dá em três patamares: os cinco grandes, os outros três remanescentes e os dois que sobem. A Chape foi fazer parte do primeiro bloco no rateio somente na edição de 2015, já em seu segundo ano de Série A.

Diferenças

O Verdão precisou pelear bastante, tanto em SC quanto em nível de Brasil, para ser devidamente reconhecido no cenário estadual. Enquanto isso, o Joinville, que ganhou o Catarinense pela última vez em 2001 e caiu para a Série D nacional, segue no patamar principal. Pois é. No mínimo esquisito clube da Série D receber o mesmo valor que agremiações da Série A, né? Mas, tudo certo, vamos em frente. Segue o baile. A Chape possui o maior investimento em SC. Tem o dever de ganhar o Catarinão.

Pela internet

Vale lembrar que, pelo segundo consecutivo, o Catarinão não será transmitido em canal fechado. Nada de pay-per-view, de novo. O que se sabe, porém, é que os jogos vão passar na internet, por meio do sistema FC Play. O interessado em assistir as disputas pode aderir ao pacote que dá acesso a todo o campeonato. Conforme informações do colega jornalista Rodrigo Santos, de Brusque, as vendas começam nesta sexta-feira, nos seguintes valores: R$ 99,90 (competição inteira) e R$ 39,90 (partida avulsa).

2 COMENTÁRIO(S)

  1. Normal a chapecoense não aparecer, só falta a NSC passar o jogo Havaí x Havaí, vai ter também agira no domingo na NSC domingão do Havaí - kkkkkkkk

  2. Quanto descaso com a nossa Chape, isso porque somos do oeste. Não importa o retrospecto da Chape no cenário estadual e nem nacional, somos preteridos!

DEIXE SEU COMENTÁRIO