Rodrigo Goulart
1546 ARTIGOS
Jornalista da editoria de esporte, Rodrigo aborda os lances da rodada e o que acontece no esporte do Estado. Visão crítica e apurada de quem entende do assunto.

Sobre mudança de esquema no Chile: Claudinei sabe das limitações da Chapecoense

- Publicidade -
 

Foram seis rodadas do Campeonato Catarinense no 4-3-3. Chapecoense jogando para cima, querendo se impor diante dos adversários. Não conseguiu amassar os rivais, apesar do esquema ofensivo, mas ao menos continua invicta, com quatro vitórias, e figura em segundo lugar na tabela de classificação, atrás do Figueirense pelos critérios de desempate.

Veio a Copa Sul-Americana e uma mudança radical de comportamento. O técnico Claudinei Oliveira abdicou o sistema com três atacantes para lançar mão do 4-5-1. Às vezes pareceu 4-6-0. A alteração serviu de recado: o treinador tem noção das limitações da Chape. O Estadual não serve de parâmetro para as demais competições que o Verdão terá – e já está tendo – nesta temporada.

Se no Catarinão tem enfrentado dificuldades em algumas partidas, imaginem então na Copa do Brasil, na Sul-Americana e, principalmente, na Série A do Brasileiro, que é o grande mantenedor financeiro do clube do Oeste catarinense.

Claudinei armou o time para encarar o Unión La Calera, no Chile, como deveria. Não precisava ficar tão recuado, mas o cuidado defensivo em compromissos como o de terça-feira é necessário.

DEIXE SEU COMENTÁRIO