63% dos microempreendedores apostam no Natal para aumentar as vendas

Poder do período natalino se destacou na comparação com o Dia das Crianças e Black Friday. Comércio é o mais otimista com o fim de ano, seguido pela Indústria e Serviços

- Publicidade -
 

Segundo sondagem realizada em julho/2018 pelo Serasa Empreendedor – braço da Serasa Experian voltado ao microempreendedor, considerando as próximas datas comemorativas com forte poder de movimentar a economia – Dia das Crianças, Black Friday e Natal –, 63% dos empreendedores elegeram o período natalino  como o melhor momento para concentrar esforços e aumentar o faturamento.

Em segundo lugar, aparece a Black Friday, com 25%, e em terceiro, o Dia das Crianças, com 12%.
 
Na sondagem realizada com 385 MEIs e MEs dos mais variados segmentos, quem elegeu o Natal como a melhor data, definiu o prazo de 2 a 3 meses como o mais apropriado para se programar e atender as demandas de fim de ano.

Segundo a gerente do Serasa Empreendedor, Barbara Passuello, é fundamental que o empreendedor aproveite as principais datas sazonais, tanto para ampliar a visibilidade e se destacar da concorrência, quanto para fomentar o crescimento de forma planejada.

>> Últimas notícias

“O Natal é considerado o período mais forte para incrementar o faturamento das empresas, aproveitando a tradição de fim de ano e a injeção do décimo terceiro salário na economia. O resultado da pesquisa reforça que os empreendedores estão conectados com esta realidade e se planejando de forma antecipada para não deixar escapar as oportunidades”, diz Passuello.

Também foi possível identificar como deve ser a preparação dos microempreendedores frente ao aumento no volume de negócios esperado para a época natalina.

A solicitação de empréstimos correspondeu a quase um terço das respostas, como a principal iniciativa a ser adotada (29%). Na sequência, o aumento de ações de divulgação aparece com 26%. Veja tabela completa abaixo:
 
Comércio é o segmento que mais visa o Natal para turbinar negócios

Na comparação com as outras datas comemorativas consideradas no levantamento, o potencial natalino de vendas sobressaiu na escolha de todos os segmentos de microempreendedores individuais e microempresas.

No topo do ranking dos que miraram nessa época para turbinar o faturamento estão os MEIS e as MEs do Comércio (67%), seguidos por Indústria (65%) e Serviços (62%).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Tarifa Rural: Produtores devem recadastrar unidades até o fim de 2019
Anúncio de regras para liberação do FGTS é adiado para semana que vem
Carro próprio lidera ranking de bens mais financiados
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio chega a R$ 22 milhões
Inadimplência de micro e pequenas empresas cresce 6,1% em maio
Campanha de desconto no shopping de Chapecó começa nesta quarta
Sinais de riqueza nas redes sociais podem influenciar o valor da pensão alimentícia
Celesc assina Ordem de Serviço para ampliação da PCH de Faxinal dos Guedes
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 16 milhões na quarta-feira
Passagens aéreas ficarão mais baratas a partir de setembro, diz ministro da Infraestrutura