63% dos microempreendedores apostam no Natal para aumentar as vendas

Poder do período natalino se destacou na comparação com o Dia das Crianças e Black Friday. Comércio é o mais otimista com o fim de ano, seguido pela Indústria e Serviços

- Publicidade -
 

Segundo sondagem realizada em julho/2018 pelo Serasa Empreendedor – braço da Serasa Experian voltado ao microempreendedor, considerando as próximas datas comemorativas com forte poder de movimentar a economia – Dia das Crianças, Black Friday e Natal –, 63% dos empreendedores elegeram o período natalino  como o melhor momento para concentrar esforços e aumentar o faturamento.

Em segundo lugar, aparece a Black Friday, com 25%, e em terceiro, o Dia das Crianças, com 12%.
 
Na sondagem realizada com 385 MEIs e MEs dos mais variados segmentos, quem elegeu o Natal como a melhor data, definiu o prazo de 2 a 3 meses como o mais apropriado para se programar e atender as demandas de fim de ano.

Segundo a gerente do Serasa Empreendedor, Barbara Passuello, é fundamental que o empreendedor aproveite as principais datas sazonais, tanto para ampliar a visibilidade e se destacar da concorrência, quanto para fomentar o crescimento de forma planejada.

>> Últimas notícias

“O Natal é considerado o período mais forte para incrementar o faturamento das empresas, aproveitando a tradição de fim de ano e a injeção do décimo terceiro salário na economia. O resultado da pesquisa reforça que os empreendedores estão conectados com esta realidade e se planejando de forma antecipada para não deixar escapar as oportunidades”, diz Passuello.

Também foi possível identificar como deve ser a preparação dos microempreendedores frente ao aumento no volume de negócios esperado para a época natalina.

A solicitação de empréstimos correspondeu a quase um terço das respostas, como a principal iniciativa a ser adotada (29%). Na sequência, o aumento de ações de divulgação aparece com 26%. Veja tabela completa abaixo:
 
Comércio é o segmento que mais visa o Natal para turbinar negócios

Na comparação com as outras datas comemorativas consideradas no levantamento, o potencial natalino de vendas sobressaiu na escolha de todos os segmentos de microempreendedores individuais e microempresas.

No topo do ranking dos que miraram nessa época para turbinar o faturamento estão os MEIS e as MEs do Comércio (67%), seguidos por Indústria (65%) e Serviços (62%).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

206 vagas disponíveis no Balcão Municipal de Empregos de Chapecó
Como parcelar as férias? Tire essa e outras dúvidas sobre o tema
63% dos microempreendedores apostam no Natal para aumentar as vendas
Mercoagro começa nesta segunda-feira, em Chapecó, com prêmio Carne Forte
Santa Catarina amplia exportação de carnes no mercado internacional
Brasil exporta 396,9 mil toneladas de carne de frango em agosto
Número de novas empresas no primeiro semestre é o maior desde 2010
Um brinde ao vinho produzido no Oeste
Alunos inovam com aulas de empreendedorismo nas escolas de Concórdia
7 atitudes que ajudam a conquistar uma promoção no trabalho