Alunos soldados do 2ºBPM fazem campanha para arrecadação de donativos

Arrecadações serão enviadas para famílias de cidades atingidas pelas fortes chuvas das últimas semanas. Doações podem ser feitas nas sedes do 2º BPM e na Polícia Militar Ambiental de Chapecó

Uma campanha para arrecadar doações para as famílias atingidas pelas fortes chuvas das últimas semanas é promovida em uma ação do Curso de Formação de Soldados do 2º Batalhão da Polícia Militar de Chapecó (BPM). O destino das arrecadações é a cidade de Rio do Sul, no Vale do Itajaí.

O foco da campanha é arrecadar materiais não perecíveis como alimentos, água potável, produtos de limpeza e de higiene. Contudo, o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, Ricardo Alves da Silva salienta que a população também pode doar roupas e agasalhos, pois grande parte das pessoas daquela região perdeu tudo. A iniciativa da campanha partiu dos alunos do Curso de Formação de Soldados que é realizado no 2ºBPM. “São soldados que estão ingressando na Polícia Militar e já estão com espírito de inserção na sociedade, eles estão pensando em integração, em ajudar o próximo”, comenta.

Os donativos podem ser entregues na sede do 2º BPM, na Avenida Getúlio Vargas, e na sede do 2º Batalhão Polícia Militar Ambiental, na Avenida Fernando Machado, no horário das 8h às 12 e das 13h às 18h. A orientação é para que as pessoas evitem doar materiais perecíveis.

As entregas podem ser feitas até a próxima sexta-feira (16). Depois essa data, os materiais serão encaminhados para a Defesa Civil, que fará a entrega na cidade de Rio do Sul. O comandante do 2º BPM reforça o pedido para que a comunidade aproveite o feriado e contribua com doações.

A iniciativa

A ideia surgiu em uma aula da turma, de 58 alunos, do curso de formação de soldados do 2º Batalhão da Polícia Militar de Chapecó, como lembra o aluno soldado Leandro Tonello. Segundo ele, na aula comentavam sobre as catástrofes que atingiram Santa Catarina, quando os alunos manifestaram o desejo de ajudar.

O sargento da Polícia Militar Ambiental, Claudemir Padilha considera que a arrecadação de donativo é importante. “Atitude é louvável por parte dos futuros policiais, e a Polícia Ambiental sempre será parceira nessas ações de ajuda humanitária”, ressalta.  

Para a aluna soldado, Angela Medeiros, o papel do Policial Militar desde o princípio é em prol da comunidade. Também comentou que no curso os alunos aprendem sobre polícia comunitária e que precisam estar perto da comunidade. “Vamos começar a partir de agora, ter um papel importante para essas pessoas, mesmo que seja em um momento ruim, mas que desde agora a gente comece aprender como estar mais perto da sociedade”, conclui.  

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Prazo para alistamento militar encerra nesta sexta-feira
50 anos dedicados à arte da alfaiataria
Mais de 300 pessoas participam do 1º Arraiá do Ruah em Chapecó
Unochapecó está entre as melhores universidades do país
Alunos da Escola Cyro Sosnosky criam nova modalidade esportiva
Obras do Contorno Viário concentradas no acesso a Xavantina
Vigilância Epidemiológica descarta surto de meningite em SC
Etapa de Chapecó classifica mais 16 conjuntos à final do Freio de Ouro
Lista do vestibular da Udesc sai nesta segunda-feira
Policiais do SaerFron fazem treinamento de resgate com rapel