Apodi recebe proposta, deve deixar a Chapecoense e não encara o América-MG

Lateral direito negocia transferência para o futebol do exterior. Guilherme e Vinícius também não viajaram para Minas Gerais

O lateral direito Apodi negocia transferência para fora do Brasil e não viajou com a delegação para Belo Horizonte. A informação é da própria Chapecoense. O clube do Oeste catarinense enfrenta o América-MG, nesta quarta-feira (13), na Arena Independência, pela 12ª rodada da Série A do futebol brasileiro, a última antes da parada para a Copa do Mundo da Rússia.

O Verdão não informou nem mesmo o País que deve ser o próximo destino de Apodi, que tem vínculo até o fim desta temporada e já poderia, por exemplo, assinar um pré-contrato com outra equipe. Ele participou das 11 rodadas e não pode mais defender outro time do Brasileirão. A negociação está em curso e, por isso, a agremiação preferiu preservar o jogador do confronto na capital mineira. Também não foi revelado se a Chape terá retorno financeiro se Apodi realmente sair.

Se a saída for confirmada, não será a primeira vez que Apodi jogará no exterior. O atleta de 31 anos vestiu a camisa de Tokyo Verdy, do Japão, em 2011, Querétaro e Delfines del Carmen, do México, de 2012 a 2013, Bastia, da França, em 2014, e Kuban Krasnodar, da Rússia, em 2016. Pela Chape, o ala disputou 138 jogos oficiais em 2015 e desde o início de 2017 e marcou cinco gols. Eduardo é quem assume a lateral direita.

Outros dois jogadores viraram desfalques da Chape para o duelo frente ao Coelho e não viajaram. O lateral esquerdo Vinícius Freitas apresentou dores no púbis e passará por exames médicos. O atacante Guilherme, por sua vez, sentiu um desconforto devido a uma pancada no treino de segunda (11) – antes da viagem – e será preservado. Os dois seriam opção no banco de reservas.

Se não bastasse, o técnico Gilson Kleina não contará com o atacante Arthur Caike. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória por 2 a 0 diante do Cruzeiro, no último sábado (9), em Chapecó, e está suspenso. O atacante Bruno Silva – se o 4-3-3 for mantido – e o volante Luiz Antônio – no caso de mudança para o 4-4-2 – são os mais cotados para ficar com a vaga na formação titular. A tendência é Kleina optar por Luiz Antônio.

O Verdão abriu quatro pontos de vantagem para o 17º colocado (Atlético-PR) e não corre o risco de entrar para o Z4 antes do recesso. A Chape aparece em 14º lugar com 13 pontos, a mesma pontuação do América-MG, que possui um triunfo a mais e ocupa a 13ª posição.

1 COMENTÁRIO(S)

  1. Mas pra ser claro o torcedor devera ficar atualizado sobre afirma que o Apodi vai sair e que seja contratado urgente outro lateral melhor que ele!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chape negocia com Éderson, do Flamengo. Clube monitorou 50 meias em 2018
Kleina faz balanço positivo da campanha da Chape no Brasileirão antes da parada
Chape empata com América-MG, fora de casa, no último jogo antes da Copa
Com Eduardo na vaga de Apodi, Chape busca 1ª vitória fora de casa no Brasileirão
Apodi recebe proposta, deve deixar a Chapecoense e não encara o América-MG
Jogadores da Chape terão 13 dias de folga durante parada da Copa do Mundo
Bruno Silva sobre gol contra o Cruzeiro: é o segundo de muitos, se Deus quiser
Arthur Caike desfalca a Chape contra o América-MG. Grupo viaja nesta segunda-feira
Falta de luz em torre e sachê de ketchup no campo: Chape deve ser denunciada
Robin Hood do Brasileirão faz nova vítima. Técnico da Chape pede regularidade