Chape dá pausa ao rodízio de jogadores e terá titulares nos próximos três jogos

Time do Oeste encara sequência de partidas decisivias

A equipe titular da Chapecoense vai entrar em campo três vezes nos próximos dias. O rodízio utilizado pelo técnico Claudinei Oliveira será deixado de lado para encontros importantes: o jogo único pela Copa do Brasil contra o São José, nesta quarta-feira (13), em Porto Alegre (RS); o duelo de líderes do Catarinense com o Figueirense, neste sábado (16), na Arena Condá; e a volta diante do Unión La Calera, na próxima terça (19), novamente em casa.

Em preparação para a partida na capital gaúcha, o grupo do Verdão treinou na manhã desta segunda (11), no CT da Água Amarela. Os jogadores que foram titulares na vitória por 3 a 2 sobre o Brusque, sábado passado (9), no Vale do Itajaí, fizeram um trabalho regenerativo de musculação, enquanto os demais trabalharam a parte tática, ataque contra defesa, com campo reduzido. Nesta atividade, o treinador encaminhou a escalação para encarar o Zequinha. Na última parte do treino foram realizadas finalizações.

Claudinei prepara a Chape com João Ricardo; Eduardo, Rafael Pereira, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Diego Torres; Renato, Wellington Paulista e Júlio César. Esta é a formação principal neste início de temporada, mas com uma posição devendo ser alterada para quarta-feira. Lourency deve iniciar o confronto no gramado sintético do estádio Passo D’Areia. O atacante não treinou nesta segunda por ter jogado em Brusque, onde fez dois gols. Júlio César é quem deve ficar no banco.

“Vai ser dificílimo”

O compromisso no Rio Grande do Sul é decisivo. A Chapecoense será eliminada no torneio nacional logo na primeira fase em caso de derrota. A equipe verde-branca joga pelo empate por estar mais bem ranqueada. Para os anfitriões, só a vitória interessa. "Vai ser um jogo dificílimo. Quem errar o mínimo possível vai sair classificado. Tem que respeitar o adversário, mas se impor também, ser inteligente, saber jogar o jogo, errar o menos possível pra poder classificar”, comentou o lateral Bruno Pacheco.

O defensor canhoto lembrou o desafio que é atuar em campo com grama artificial. “É um gramado totalmente diferente do que a gente está acostumado. Mas, como a gente superou na Sul-Americana (empatou por 0 a 0 no Chile, em estádio com piso sintético), a gente tem que superar essa dificuldade e sair classificado”, afirmou Bruno Pacheco.

Programação

O time do Oeste catarinense ainda treinará em Chapecó na manhã desta terça (12), com portões fechados na Arena Condá, antes de viajar à tarde. A delegação embarca às 15h50 no aeroporto de Chapecó rumo a São Paulo (SP), onde faz conexão para Porto Alegre. O jogo contra o São José está marcado para as 19h desta quarta.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chape elogia comportamento dos torcedores do Unión La Calera na Arena Condá
Festa de quem veio de longe! Chape empata com La Calera e é eliminada na Arena Condá
Sem Wellington Paulista, Chape decide vaga na Sul-Americana com o La Calera
Atenção, torcedor da Chape! Acesso à Arena Condá terá mudanças na Sul-Americana
Agora é Sul-Americana: Chape precisa vencer para seguir na competição
Chape e Figueira empatam em jogo de pouco futebol e sem emoção em Chapecó
Chape recebe o Figueira em partida que vale a liderança do Catarinense
Chape retifica: bilheteria não poderá funcionar no dia do jogo na Sul-Americana
Claudinei coloca resultados à frente do nível das atuações e diz que Chape está sendo montada para Série A
Gustavo Campanharo chega à Chapecoense para fazer exames e assinar contrato