Chape inicia preparação para encarar o Santos. Leandro Pereira pede superação

Partida na capital paulista será na próxima segunda-feira

A Chapecoense começou a preparação para o jogo da próxima segunda-feira (12), às 20h, contra o Santos, no estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP), pela 32ª rodada da Série A do futebol brasileiro. O grupo de jogadores se reapresentou ontem à tarde, no CT da Água Amarela, para mais uma semana de treinamentos com o objetivo de sair da zona de rebaixamento. O atacante Leandro Pereira atendeu a imprensa nesta terça (6) e comentou sobre o momento da equipe do Oeste catarinense no campeonato.

“O momento é difícil, mas não podemos e nem vamos jogar a toalha. Temos que ter esperança e superação. Faltam seis jogos e, nos nossos cálculos, três vitórias e um empate, de repente, já nos livram isso se os outros times já nos ajudarem. Nos próximos jogos, não podemos abaixar a cabeça e nem nos entregar, porque campeonato está todo embolado, tanto em cima quanto embaixo. Não podemos errar e deixar o nosso psicológico cair”, comentou o titular do ataque da Chape.

Leandro Pereira afirma que o time tem potencial, mas lamenta o fato de não colocar em prática. “É chato, incômodo para a gente. Sabemos que temos um elenco de qualidade, muito bom, mas as coisas não acontecem. Infelizmente, a gente peca em alguns aspectos. O adversário chega e a bola entra, e a nossa bate na trave, o goleiro pega e não acontece. A gente tem que se superar, tanto na parte emocional quanto na parte de dentro de campo para que a gente consiga as vitórias”, observou.

O centroavante acredita que o Verdão terá, diante do Santos, mais espaço em relação ao duelo contra o Bahia – derrota por 1 a 0, no último domingo, em Salvador (BA). “O jogo contra o Santos vai ser difícil, mas teoricamente vai ser um pouco mais fácil para a gente jogar. O time do Bahia tem pegada muito forte e alguns momentos do jogo não conseguíamos sair de trás. O Santos é diferente, mais cadenciado, toca mais a bola e a gente consegue achar um pouco mais de espaço”, finalizou.

Situação na tabela

A Chapecoense ocupa o penúltimo lugar com 34 pontos, mesma pontuação de América-MG e Vitória, que também estão no Z4 e levam vantagem nos critérios de desempate. O lanterna Paraná tem 18 pontos e já está rebaixado. Com 36 pontos, o Sport é o primeiro clube fora da faixa da degola. Faltam seis rodadas para o fim do Brasileirão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

É o jogo que define a nossa permanência na Série A, diz atacante da Chapecoense
Claudinei Oliveira tem aproveitamento inferior a Guto e Kleina na Chapecoense
Para decisão contra o Sport, Chapecoense anuncia nova promoção de ingressos
Técnico da Chape, Claudinei trata jogo contra o Sport como final de Copa do Mundo
Chape perde para o Grêmio e continua no Z4 a três rodadas para o fim do Brasileirão
Base da Chapecoense larga em vantagem na semifinal do Catarinense de Base
À espera de um milagre: Chape ainda não engrenou e Brasileirão já está no fim
Douglas mostra preocupação com futuro da Chape em caso de queda: Não podemos deixar que isso aconteça
Márcio Araújo é a novidade da Chape contra o Grêmio. Jandrei recebe advertência
Chapecoense agradece torcedores por apoio ao time