Chapecoense apresenta limitações e perde em casa para o Botafogo

Time do Oeste é derrotado por 2 a 0 pela Série A do Brasileiro

A Chapecoense começou muito bem a Série A do futebol brasileiro. Chegou a liderar na terceira e quarta rodadas. A campanha continua interessante, mas o time do Oeste catarinense atravessa uma fase de oscilação no campeonato. Na tarde deste domingo (18), o Verdão perdeu na Arena Condá, em Chapecó, por 2 a 0 para o Botafogo, pela oitava rodada.

>>Confira mais sobre a Chapecoense<<

>>Confira os nossos colunistas<<

>>Leia mais reportagens<<

Com apoio de um grande público, a Chape entrou em campo embalada pela vitória sobre o Vasco por 2 a 1, em casa, no meio de semana. A iniciativa era dos donos da casa, que tiveram chance clara para abrir o placar com Apodi, aos oito minutos. Apesar da superioridade verde-branca, foi o time alvinegro que chacoalhou a rede. Aos 28, após uma roubada de bola, Roger concluiu jogada de contra-ataque. O gol desestabilizou os anfitriões, que passaram a cede muitos espaços no contragolpe.

O Verdão voltou do intervalo tentando pressionar o Botafogo, mas levou mais um aos oito minutos da segunda etapa. Luiz Otávio erra o corte bisonhamente e Rodrigo Pimpão só tem o trabalho para escorar ao gol. Aos 13, uma alteração incomum. Niltinho, que havia entrado aos 14 do primeiro tempo no lugar de Osman – torceu o joelho esquerdo e fará ressonância magnética hoje –, saiu aos 13 do segundo para dar lugar a Túlio de Melo. A Chape não teve inspiração para sequer diminuir a diferença.

Este foi o terceiro revés da Chapecoense nos últimos quatro jogos. Perdeu para Grêmio e Ponte Preta, quebrou a série negativa diante do Vasco e voltou a ser derrotada neste domingo. Mesmo assim, o time do técnico Vagner Mancini continua na zona de classificação à Copa Libertadores, em quinto lugar com 13 pontos. Esta colocação rende vaga à etapa preliminar do torneio continental. A Chape volta a jogar na próxima quinta (22) contra o Flamengo, às 21h, na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro, pela nona rodada.

 

CHAPECOENSE 0x2 BOTAFOGO

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Victor Ramos e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio e Seijas (Nenén); Osman (Niltinho, depois Túlio de Melo), Wellington Paulista e Arthur Caike. Técnico: Vagner Mancini.

Botafogo: Gatito Fernandez; Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense), Matheus Fernandes e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Montillo). Técnico: Jair Ventura.

Arbitragem: Marcelo Aparecido de Souza, auxiliado por Anderson de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo – trio de São Paulo.

Gols: Roger (B), aos 28 do 1º tempo; Rodrigo Pimpão (B), aos 8 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Rodrigo Lindoso e Gatito Fernandez (B).

Público: 11.603 (total). Renda: R$ 252.020,00.

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC). Data: 18 de junho de 2017.

 

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

8 min – Chapecoense: Luiz Antônio acha Apodi na área. O lateral domina tirando da marcação e chuta à queima-roupa. Gatito Fernandez espalma para salvar.

GOL! 28 min – Botafogo: No contra-ataque, Rodrigo Pimpão lança Bruno Silva. Na área, ele espera a saída do goleiro e toca para Roger rolar para rede vazia.

42 min – Chapecoense: Apodi rouba a bola de Igor Rabello, limpa a jogada e chuta da entrada da área, de frente para Gatito. Mas erra o alvo. Bola passa perto.

Segundo tempo

GOL! 8 min – Botafogo: Após recuperada de bola pela direita, Arnaldo tabela com Roger e cruza. Luiz Otávio fura e Rodrigo Pimpão escora para a rede.

21 min – Chapecoense: Levantamento de bola para a área, Arthur Caike ganha disputa com Arnaldo e cabeceia firme para o gol, mas Gatito defende.

33 min – Botafogo: Bruno Silva recebe o lançamento de Montillo, invade a área e bate rasteiro. Jandrei se estica para desviar a escanteio. A bola ainda raspa a trave.

1 COMENTÁRIO(S)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Filme sobre a vida do goleiro Danilo pode não ser gravado em Chapecó
Quatro exames, uma lesão. Luiz Antônio fica entregue ao DM da Chapecoense
Após empate, Gilson Kleina fala em dar liga de novo à equipe da Chapecoense
Chapecoense apaga no 2º tempo, cede empate para o Vasco e quase perde
Em jogo especial para Douglas, Chape e Vasco tentam apagar goleadas
Ação da Chape deve levar 1,5 mil crianças à Arena Condá para jogo com Vasco
Kleina volta com Elicarlos e Luiz Antônio e esquema 4-4-2 na Chapecoense
Vamos surpreender muita gente, garante Leandro Pereira, reforço da Chape
Chapecoense vai enfrentar o Atlético-MG nas oitavas de final da Copa do Brasil
Elicarlos deve voltar ao time titular da Chape. Fabrício Bruno inicia a transição