Cinco dicas para quem quer fazer o ensino médio fora do Brasil

Pesquisa e organização são fundamentais em todo o processo

Estudar fora do Brasil é o sonho de muitos adolescentes que desejam potencializar o aprendizado com a imersão em uma nova cultura.

No entanto, é importante que o estudante tenha a certeza de que o destino e o aprendizado que vai encontrar esteja de acordo com suas expectativas.

>> Últimas notícias

As dicas foram elaboradas por Cláudia Leite, Chefe de Admissões da EF Academy Brazil. A EF Academy, multinacional de origem sueca que conta com três câmpus, um nos Estados Unidos e dois na Inglaterra, oferece programas que facilitam todo o processo de intercâmbio, além de ter um histórico de 100% de admissão universitária. 

Abaixo, 5 dicas fundamentais para quem planeja cursar o ensino médio longe de casa. 

1)   Pesquise muito 
Se tem um momento para se “jogar” no Google é agora. Buscar o máximo de informações possíveis sobre o local onde se planeja estudar é fundamental. É preciso detectar o que faz seu coração bater mais rápido – Estados Unidos ou Inglaterra, por exemplo? Decidido o país, é hora de pesquisar a escola escolhida, tudo o que é oferecido, instalações, programa de aulas. Vale até entrar nas redes sociais da escola para ficar por dentro de eventos, comentários dos alunos. Quanto mais informação melhor!

2)   Converse com pessoas que fizeram o High School
Poucas coisas são mais valiosas do que uma boa conversa com quem está estudando fora ou já viveu essa experiência. É por meio desse contato que se tem uma visão real de como é mudar de país na prática, conhecer as melhores dicas e também os principais desafios. Certamente, um bom papo deixará o aluno melhor preparado.
 
3)   Organize-se 
Se tem uma coisa que é preciso lidar é com os prazos, documentos, planos de viagem, malas. Então, nada mais importante do que listar tudo o que não pode ser esquecido e estabelecer prazos. Uma checklist é fundamental. Vale ainda atentar para o clima do local escolhido para pensar em uma guarda-roupa funcional para o período em que estiver fora.

4)   Liste tudo o que deseja fazer no destino, além de estudar
Todo mundo sabe que uma viagem começa bem antes de se efetivamente entrar no avião. É legal ter uma lista de lugares, experiências e tudo o mais que se deseja viver no destino, além de estudar. Nesse momento, vale envolver pais e amigos, que de certa forma terão o gostinho de “viajar” junto durante o planejamento. 

5)   Aventure-se!
Destino escolhido, malas prontas, documentos ok. Chegou a hora de se aventurar e aproveitar todas as vivências que vão vir por aí. Prepare-se para a mudança de rotina, para a chegada de novos amigos e muito aprendizado! 

Mais informações em www.ef.com.br/academy e www.facebook.com/EFacademy.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

50% dos homens podem perder o cabelo até os 50 anos
Sete dicas para não prejudicar o fim de ano
11ª Mostra Cultural de Dança ocorre neste sábado
As novidades da Netflix para dezembro
Artesã Thais Zanini Klein: versatilidade e delicadeza na ponta da agulha
Arte para mudar de vida: Aguida Balena hoje se dedica ao filho e a paixão pelo artesanato, em Chapecó
Cinco dicas para quem quer fazer o ensino médio fora do Brasil
Chapecó recebe festival Risorama em dezembro
Prefeitura de São Miguel do Oeste abre vaga para Pedagogo
Curiosidades e histórias por trás do Natal