Com dois gols de Lourency, reservas da Chape vencem o Brusque pelo Catarinense

Vice-líder, time do Oeste continua invicto na competição

Mais uma vitória da Chapecoense na Série A do futebol catarinense. Os reservas do clube do Oeste venceram o Brusque por 3 a 2, na noite deste sábado (9), no Vale do Itajaí, pela sétima rodada. O Verdão continua invicto na competição e na vice-liderança, atrás do Figueirense apenas no saldo de gols. Os líderes se enfrentam no próximo fim de semana.

Com uma formação alternativa pela quarta vez em sete rodadas, a equipe verde-branca confirmou na prática a superioridade em relação ao time da casa. Os visitantes abriram o placar aos 21 minutos do primeiro tempo por meio de Lourency. O atacante se livrou com estilo da marcação e finalizou com categoria. Os anfitriões empataram aos 25, em um pênalti inexistente de Tharlis em Clebinho. Erro da arbitragem. Artilheiro do Estadual, Hélio Paraíba deslocou o goleiro Ivan na cobrança e marcou o seu quinto gol no campeonato. Clebinho chegou a pedir desculpa a Ivan pela simulação.

Melhor no jogo, a Chapecoense voltou a ficar em vantagem nos acréscimos, aos 46. Livre de marcação, Everaldo cabeceou para a rede em lance de oportunismo. Foi o segundo gol do centroavante emprestado pelo Querétaro, do México, em dois jogos pelo Verdão. A primeira etapa da partida em Brusque foi disputada sob calor de 30º C. Aos 33, a arbitragem parou o duelo para os jogadores se reidratarem.

A Chapecoense continuou mais organizada após o intervalo. Em jogada de contragolpe, o time do técnico Claudinei Oliveira ampliou a diferença com Lourency, que recebeu um belo passe de Yann Rolim. O Verdão controlava o confronto até que Hélio Paraíba, depois de cobrança de falta, deixou mais uma vez a sua marca. A situação ficou perigosa para a Chape, que teve trabalho para segurar as investidas do Brusque.

Com 17 pontos, a Chapecoense só é superada pelo Figueirense na tabela de classificação. O Alvinegro tem a mesma pontuação, mas com saldo de sete gols contra cinco do Verdão. Os dois times vão se encontrar no sábado que vem (16), às 17h, na Arena Condá, em Chapecó. Antes, a Chape visita o São José, de Porto Alegre (RS), no estádio Passo D’Areia, pela Copa do Brasil, razão pela qual a comissão técnica poupou os titulares neste sábado.

 

BRUSQUE 2x3 CHAPECOENSE

Brusque: Paulo Sérgio; Edílson, Douglas Silva, Neguette e Airton; Ruan, Zé Mateus (Valkenedy), Maranhão (Vicente) e Clebinho (Karl); Jefferson Renan e Hélio Paraíba. Técnico: Marcelo Caranhato.

Chapecoense: Ivan; Marcos Vinícius, Joílson, Hiago e Roberto; Tharlis, Orzusa (Khevin) e Yann Rolim; Alan Ruschel (Aylon), Everaldo e Lourency (Júlio César). Técnico: Claudinei Oliveira.

Arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Kleber Lúcio Gil e Alexandre Medeiros Lodetti.

Gols: Lourency (C), aos 21, Hélio Paraíba (B), aos 25, e Everaldo (C), aos 46 do 1º tempo; Lourency (C), aos 8, Hélio Paraíba (B), aos 28 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Airton (B); Marcos Vinícius e Júlio César (C).

Público: 2.391 (total). Renda: R$ 45.435,00.

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC). Data: 9 de fevereiro de 2019.

 

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

GOL! 21 min – Chapecoense: Roberto faz belo lançamento para Lourency na esquerda. Ele dá um drible de corpo no marcador e, já dentro da grande área, chuta de direita, cruzado, colocando no canto.

GOL! 25 min – Brusque: Clebinho se joga dentro da grande área, mas o árbitro marca pênalti. O artilheiro Hélio Paraíba vai para a cobrança e bate com categoria. Bola de um lado, Ivan para o outro.

35 min – Chapecoense: Lourency descola o cruzamento pelo lado direito e encontra Yann Rolim livre entre os zagueiros. De frente para o goleiro, o meia cabeceia para fora.

GOL! 46 min – Chapecoense: Em jogada rápida pela direita, Marcos Vinícius cruza na medida para o centroavante Everaldo, sozinho no meio da grande área, cabecear para vencer o arqueiro Paulo Sérgio.

Segundo tempo

6 min – Brusque: Zaga não afasta e Zé Mateus pega a sobra na entrada da grande área. O volante finaliza prensado, mas exige boa defesa de Ivan, que manda para escanteio.

GOL! 8 min – Chapecoense: Em contra-ataque que começou na direita, Yann Rolim dá lindo toque para Lourency, que entrava na grande área pela esquerda. O atacante bate na saída de Paulo Sérgio.

GOL! 28 min – Brusque: Airton cobra falta em direção ao segundo pau. Douglas Silva sobe mais que a marcação e toca para o meio. Hélio Paraíba surge na pequena área para concluir de cabeça.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chape formaliza pedido para Federação Catarinense não homologar a final
Chapecoense divulga os preços dos ingressos para estreia no Brasileirão contra o Inter
Técnico da Chape ironiza mau uso do VAR na final e lamenta invasão de torcedores no campo
Bráulio valoriza confiança do assistente ao explicar decisão em Avaí x Chapecoense
Chapecoense vai pedir anulação da final. Presidente do clube quer punição ao árbitro
Com polêmica do VAR, Chape perde para o Avaí nos pênaltis e fica com o vice
Chapecoense disputa quarta final contra o Avaí e busca o sétimo título do Catarinense
Chape se recupera no feminino, no Espírito Santo, e agora se concentra no América-MG
Quatro troféus serão entregues após o apito final de Avaí x Chape
Chapecoense troca o chip mais uma vez! Agora é foco total na final do Catarinense