Ex-padre de Ponte Serrada é condenado por matar esposa

Pena é de 13 anos e seis meses em regime fechado

- Publicidade -
 

Nesta quinta-feira (10), o ex-padre ordenado em Ponte Serrada, foi condenado pelo crime de matar a esposa e abandonar o corpo. Sua pena é de 13 anos e seis meses em regime fechado.

>> Últimas notícias << 

>> Suspeito de estupro é preso, em Pinhalzinho <<

Segundo informações do Portal da Radio Oeste Mais, o suspeito, de 44 anos, teria confessado ter matado a esposa, de 63 anos, e abandonar o corpo da mulher, na Serra Dona Francisca, em Joinville. O crime aconteceu no mês de março, de 2016 e o homem logo foi preso e aguardava o julgamento.

A condenação foi pelo crime de homicídio qualificado e por ocultação de cadáver.

Relembre o caso

Em depoimento à Polícia Civil, o suspeito confessou ter asfixiado a mulher, depois de uma briga. O motivo do desentendimento foi a leitura de livros, pela mulher, que o ex-padre considerava serem contrários à religião cristã. Uma vizinha ouviu os gritos, mas o suspeito afirmou a ela, que sua esposa havia se assustado e já estava bem.

De acordo com o Portal, após limpar o local do crime, o homem teria enrolado o corpo da mulher em sacos plásticos e dirigiu 50 km, até abandonar o corpo, que foi encontrado depois de dois dias. No mesmo dia do crime, o suspeito registrou um boletim e ocorrência informando que a mulher havia abandonado o lar.

No dia 6 de abril, de 2016, o ex-padre foi até à Polícia para assumir a autoria do homicídio e colaborou com as investigações.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Polícia Civil prende homem que estuprou a filha em Chapecó
Avô é indiciado por abusar das netas em Chapecó
Ao chegar em casa, família é rendida e tem carro roubado em Chapecó
Homem é preso suspeito de homicídio em bar no bairro Efapi, em Chapecó
Polícia Civil de Caibi prendem dois foragidos da Justiça gaúcha
Em pouco mais de seis horas, PM cumpre três mandados de prisão em Chapecó
Suspeito de tráfico e receptação é detido em Coronel Freitas
PM apreende drogas e prende homem em Chapecó
Homem é condenado por descumprir medida protetiva da Lei Maria da Penha em Concórdia
Idoso é preso por suspeita de estupro em Águas de Chapecó