Exposição destaca obras escultor Venturino Poletto, em São Miguel do Oeste

A exposição, organizada pela equipe da Fundação Municipal de Cultura, faz memória ao primeiro ano de falecimento do escultor mais antigo do município

Foi aberta na manhã desta segunda-feira (12), no Museu Municipal Ruy Arcádio Luchesi, de São Miguel do Oeste, a exposição de esculturas em madeira, de Venturino Poletto.

A exposição, organizada pela equipe da Fundação Municipal de Cultura, faz memória ao primeiro ano de falecimento do escultor mais antigo do município, o qual deixou grande legado a todos.

A emoção tomou conta do momento que, apesar de simples, foi de grandes e importantes lembranças à esposa Josefina e demais familiares que prestigiaram a abertura da exposição.

>> Leia mais reportagens de variedades <<

>> Acompanhe nossos colunistas <<

Além dos familiares de Poletto, o vice-prefeito, Alfredo Spier, e o diretor da Funcultura, Carlos Chaves, junto com o vereador Elias Araújo, coordenadora do Museu, representantes de Itapiranga, de São João do Oeste e alunos da Escola Municipal Emma Balke, prestigiaram a solenidade.

Para Dona Josefina, foi um dia de muita alegria e emoção, pois o Senhor Poletto tinha as esculturas como uma paixão e se dedicava a elas com exclusividade, desde seus 49 anos de idade.

 “Perdemos ele há um ano, aos 82 anos, sempre fui companheira e o ajudava quando era preciso. Sinto muito a falta dele que era meu amigo e companheiro”, comentou a viúva.

Chaves ressaltou que a equipe estará cuidando e zelando de todas as peças. “Esperamos que a comunidade valorize e venha conhecer este acervo de esculturas que retratam a história e vida do senhor Poletto”, disse o diretor.

O vice-prefeito Spier, enfatizou que as esculturas retratam a expressão natural e a vontade deste artesão que muito contribuiu com a cultura, história e arte em SMO.

“Nosso agradecimento pela dedicação do Senhor Poletto ao município, em nome de sua esposa e familiares. Será sempre um artista da cidade e seu legado está aí para todos que queiram conhecer”, disse Alfredo.

Escolas e grupos interessados na exposição podem agendar visitas.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Festival da Canção de São Lourenço do Oeste tem 170 inscrições
EFAPI 2017 terá editais para seleção de artistas locais
Os heróis da Patrulha Canina chegam a Chapecó
Tema da mostra Casa Chapecó é lançado
Saiba quais a cervejas mais indicadas para o inverno
Netflix anuncia aumentos nos preços de mensalidades no Brasil
Exposição destaca obras escultor Venturino Poletto, em São Miguel do Oeste
Exposições gratuitas em Chapecó
Cartas de Isabella para Giovane
Junior Villa é uma das atrações do Festival de Inverno de Itá