Fórum fará julgamento popular do caso Marcelino Chiarello

No dia em que Marcelino Chiarello faria 48 anos, entidades que fazem parte do Fórum oficializaram a postagem de Cartas de adesão e lançarão o Julgamento Popular

- Publicidade -
 

Chapecó

O Fórum de Lutas em Defesa da Vida, por Justiça e Democracia, que questiona os motivos que tiraram a vida do ex-vereador Marcelino Chiarello (PT), retomará o debate sobre o caso. O político morreu em 2011 e a Justiça fechou o caso como suicídio. Com o objetivo de reacender a discussão, o juiz compulsoriamente aposentado Jorge Moreno traz à Chapecó o Tribunal Popular do Judiciário, e nesta terça-feira (12) o Fórum realiza dois eventos, em Chapecó.

Esta terça-feira (12) é simbólica para a realização destes dois atos, pois hoje seria a data do aniversário de 48 anos de Marcelino Chiarello. O primeiro foi durante a manhã quando foi feita a postagem de cerca de mil cartas endereçadas à Procuradoria Geral da União. Segundo Rosângela Dalbosco, dentro desse processo de construção do Julgamento Popular existe várias etapas. Uma delas foi o momento da adesão das entidades que foi oficializado com uma carta que as entidades assinaram e ou outro de cartas que as pessoas assinaram, endereçadas para a Procuradoria Geral da União, pedindo que o caso seja federalizado.

O objetivo é postar periodicamente cerca de mil cartas cada 10-15 dias. “Este é o momento que a população se manifesta para Procuradoria Geral da União, pedindo a reabertura do processo do Marcelino e também o deslocamento de competência”, explica.

Cerca de 30 entidades já assinaram a Carta. “Qualquer entidade que considere essa uma causa justa pode aderir ao movimento da Construção do Julgamento Popular”, afirma Rosângela. 

Julgamento Popular

Nesta terça-feira (12), às 17h30, acontece o lançamento do Julgamento Popular, também na Praça Coronel Bertaso, quando lideranças do movimento apresentarão o funcionamento do ato público para apoiadores e simpatizantes da causa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Prefeitura apresenta R$ 10 milhões em obras
TRE-SC firma parceria para cobertura das eleições 2018
Alesc homenageia o Celeiro Supermercados
Alesc debate contorno viário sul de Pinhalzinho
Roberto Amaral quer disputar cadeira na Alesc em 2018
TSE lança canal no Twitter para tirar dúvidas do eleitor
Feijoada do PSD reúne filiados em Xanxerê
João Amin quer regulamentar produção de queijo
Está em dúvida se precisa fazer a revisão do eleitorado?
Mesmo com recusa, internautas pedem Prates ao Senado