Fórum fará julgamento popular do caso Marcelino Chiarello

No dia em que Marcelino Chiarello faria 48 anos, entidades que fazem parte do Fórum oficializaram a postagem de Cartas de adesão e lançarão o Julgamento Popular

Chapecó

O Fórum de Lutas em Defesa da Vida, por Justiça e Democracia, que questiona os motivos que tiraram a vida do ex-vereador Marcelino Chiarello (PT), retomará o debate sobre o caso. O político morreu em 2011 e a Justiça fechou o caso como suicídio. Com o objetivo de reacender a discussão, o juiz compulsoriamente aposentado Jorge Moreno traz à Chapecó o Tribunal Popular do Judiciário, e nesta terça-feira (12) o Fórum realiza dois eventos, em Chapecó.

Esta terça-feira (12) é simbólica para a realização destes dois atos, pois hoje seria a data do aniversário de 48 anos de Marcelino Chiarello. O primeiro foi durante a manhã quando foi feita a postagem de cerca de mil cartas endereçadas à Procuradoria Geral da União. Segundo Rosângela Dalbosco, dentro desse processo de construção do Julgamento Popular existe várias etapas. Uma delas foi o momento da adesão das entidades que foi oficializado com uma carta que as entidades assinaram e ou outro de cartas que as pessoas assinaram, endereçadas para a Procuradoria Geral da União, pedindo que o caso seja federalizado.

O objetivo é postar periodicamente cerca de mil cartas cada 10-15 dias. “Este é o momento que a população se manifesta para Procuradoria Geral da União, pedindo a reabertura do processo do Marcelino e também o deslocamento de competência”, explica.

Cerca de 30 entidades já assinaram a Carta. “Qualquer entidade que considere essa uma causa justa pode aderir ao movimento da Construção do Julgamento Popular”, afirma Rosângela. 

Julgamento Popular

Nesta terça-feira (12), às 17h30, acontece o lançamento do Julgamento Popular, também na Praça Coronel Bertaso, quando lideranças do movimento apresentarão o funcionamento do ato público para apoiadores e simpatizantes da causa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Você sabe o que é e para que serve a inexigibilidade?
Segurança, crescimento econômico, energia e infraestrutura pautaram agenda do PMDB em Palmitos e região
Vereadores pedem revisão do Plano Diretor e solicitam obras e serviços
Altair pede ampliação do teto de financiamento
Ledônio Migliorini: Muitas pessoas construíram anonimamente a cidade que temos hoje
Papa Francisco: Buligon é embaixador dos Princípios do Desporto
Supremo deve concluir nesta quinta julgamento sobre segunda denúncia contra Temer
PMDB chega ao Extremo Oeste
HRO recebe primeiro lote dos mobiliários para a nova ala
Segunda denúncia contra Temer vai para à Câmara dos Deputados