Guto após vitória da Chape: "a energia do povo de Chapecó é diferente"

Treinador destaca a mobilização para o jogo contra o Atlético-PR

Uma vitória com a cara da Chapecoense. Na base da garra, o clube do Oeste catarinense buscou a virada sobre o Atlético-PR, na noite desta quinta-feira (13), na Arena Condá, e chegou ao 2 a 1 nos últimos minutos, resultado que tirou a equipe verde-branca da zona de rebaixamento da Série A do futebol brasileiro. Um triunfo que resgatou o DNA da agremiação.

“O time não desistiu nunca, teve muita raça, contou com o torcedor apoiando, teve muita energia positiva envolvida, tudo isso gerou esta vitória importante. Talvez tenha sido em termos de equilíbrio mental uma das melhores partidas sob o meu comando. Brinquei com os meninos no vestiário que tiramos uma torre gêmea e meia das costas. Ainda tem meia torre, e a gente tem que trabalhar muito para tirá-la e tentar colocar o clube no meio da tabela que é onde a Chape merece estar”, comentou o técnico Guto Ferreira.

“Toda a vez que você vem para fazer um jogo dentro da Arena é muito marcante, é muita coisa na cabeça. Não sei se vocês notaram, nós tivemos uma chance claríssima de gol quando estava tocando a música dos 72 minutos (na verdade 71, em homenagem às vítimas da tragédia aérea de novembro 2016), isso vem na cabeça, não tem como, não tem como. Falo sempre que a energia do povo de Chapecó é diferente, é diferente”, observou Guto, que dirigiu o Verdão entre setembro de 2015 e junho de 2016, indo para o Bahia poucos meses antes do desastre.

“O povo de Chapecó é fantástico. Jamais você conseguiria numa torcida de um clube da capital uma mobilização que tivemos hoje (quinta, 13) aqui, que tivemos na cidade, isso faz toda a diferença, essa tranquilidade, todo mundo remando para o mesmo lado. Isso, com certeza, vai somar, vai sustentar o crescimento da Chape na competição”, completou o treinador.

Ao derrotar o Atlético-PR, a Chapecoense acabou com uma série de seis jogos sem vitória – cinco pelo Brasileirão e um pela Copa do Brasil – e empurrou o Vasco para o Z4. O Verdão subiu para 25 pontos em 24 jogos, contra 24 dos cariocas, que têm um duelo a menos, que será no dia 27 deste mês, contra o Santos, fora de casa.

O próximo compromisso da Chape está marcado para esta segunda-feira, novamente em Chapecó, às 20h, diante do líder Internacional.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chape elogia comportamento dos torcedores do Unión La Calera na Arena Condá
Festa de quem veio de longe! Chape empata com La Calera e é eliminada na Arena Condá
Sem Wellington Paulista, Chape decide vaga na Sul-Americana com o La Calera
Atenção, torcedor da Chape! Acesso à Arena Condá terá mudanças na Sul-Americana
Agora é Sul-Americana: Chape precisa vencer para seguir na competição
Chape e Figueira empatam em jogo de pouco futebol e sem emoção em Chapecó
Chape recebe o Figueira em partida que vale a liderança do Catarinense
Chape retifica: bilheteria não poderá funcionar no dia do jogo na Sul-Americana
Claudinei coloca resultados à frente do nível das atuações e diz que Chape está sendo montada para Série A
Gustavo Campanharo chega à Chapecoense para fazer exames e assinar contrato