Homem é preso por pertubação do sossego, ameaça e desacato em Chapecó

Ocorrência foi registrada na noite de sexta-feira (11) no bairro Esplanada

Um homem foi preso pela Polícia Militar na noite de sexta-feira (11), por volta das 23h, na rua Tamoios, no bairro Esplanada, em Chapecó. Segundo os policiais, a guarnição foi chamada para atender uma ocorrência de perturbação de sossego alheio no endereço e ao chegar no local encontrou um homem que estava no terreno ao lado da residência, correndo para um porão. Os PMs foram informados de que o suspeito estava armado.

De acordo com os policiais, a guarnição tentou fazer a abordagem do homem, mas o suspeito não acatou e foi para cima dos PMs com socos e chutes para não ser abordado. Assim, os agentes de segurança pública precisaram fazer uso progressivo da força para conter, imobilizar e algemar o homem. A mãe do suspeito também tentava atrapalhar o procedimento com gritos. Outras guarnições foram chamadas para dar apoio à ocorrência.

Com o auxílio de outros policiais foi constatado que o homem está em prisão de albergue sem recolhimento e apresentava sinais de embriaguez. Segundo a PM, o suspeito ainda desacatou os policiais com ameaças de morte e palavrões. Durante revista na casa foi encontrado um simulacro de arma de fogo dentro de um guarda-roupas e outro fora da residência. Os simulacros foram apreendidos e o homem foi apresentado na Central de Plantão Policial (CPP).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Casal briga e homem é detido em Xaxim
Polícia Militar apreende adolescente no bairro Alvorada em Chapecó
Com sinais de agressão, criança de quatros anos morre em Caxambu do Sul
R$ 2 milhões em cigarros são apreendidos pela PRF em São Miguel do Oeste
Marido agride companheira e é preso em Ponte Serrada
Suspeitos de assaltos em Chapecó e São Carlos são presos
Mãe e filho são condenados a 32 anos de prisão por morte de mecânico em Chapecó
Homem é detido ao tentar comprar dois celulares com cheque furtado em Chapecó
Carro furtado em Chapecó é incendiado em Marema
Morre homem suspeito de matar e deixar Valderi da Silva nas escadas de Praça de Campo Erê