Idoso suspeito de abusar de menina de 6 anos é indiciado por estupro

Ele foi preso em flagrante após passar a mão na criança, enquanto fazia uma mudança no prédio que ela estava brincando

Um homem de 71 anos de uma equipe de mudança que estava fazendo trabalho em um prédio em Xanxerê, foi preso em flagrante por suspeita de abusar de uma menina de 6 anos no local. O crime teria acontecido na tarde de quarta-feira (9), informações da polícia dão conta de que o homem já foi indiciado por estupro de vulnerável.

Conforme informações do delegado responsável da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCami), Danilo Fernandes ao Diário do Iguaçu, algumas crianças estavam brincando no hall de entrada do edifício, quando o homem teria pego a criança e levou a um ponto cego das câmeras de segurança, na escadaria e passou a mão na criança. O ato teria acontecido durante cerca de 5 minutos, quando a criança conseguiu sair e ir contar aos seus pais.

>>>> Acompanhe as principais notícias das últimas horas de Chapecó e região

Os pais da criança chamaram a polícia e entregaram as imagens das câmeras de monitoramento. A Polícia Civil, por meio da DPCami prendeu o homem em flagrante, por estupro de vulnerável. Ele foi apresentado na delegacia e levado ao presídio regional de Xanxerê.

Segundo o delegado Danilo ao Diário do Iguaçu, o homem é morador de Lages e estava na cidade apenas para fazer este trabalho de mudança. Ele não tinha passagens pela polícia. As diligências necessárias da parte da Polícia Civil já foram cumpridas e agora o homem está agora a disposição

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Casa é destruída por incêndio no interior de Águas de Chapecó
Carro do Paraguai capota na SC-157 em Quilombo
Calor volta ao Estado a partir desta segunda-feira (21)
Após fuga, Guarda prende homem que dirigia bêbado no centro de Chapecó
Incêndio destrói parte de dentro de casa de Xanxerê
Família de Xaxim morre em acidente em Joinville
Homem é morto em Chapecó e suspeito estava entre curiosos na cena do crime
PRF registra 387 mortes nas rodovias federais de SC em 2018
Cuidados com as mordidas de cães devem ser redobrados nas férias