Jornalista do Diário do Iguaçu vence 5ª edição do prêmio de Jornalismo do Sicom

Reportagem ‘Atacarejos: o que mudou na forma de comprar’, assinada pela jornalista Bia Piva, é a vencedora da 5ª edição do prêmio Mariângel Iop de Oliveira

- Publicidade -
 

Reportagem do Jornal Diário do Iguaçu foi a vencedora da 5ª edição do prêmio Mariângela Iop de Oliveira de Jornalismo, promovido pelo Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom).


A matéria é assinada pela jornalista Bia Piva e teve como tema ‘Atacarejos: o que mudou na forma de comprar’. O anúncio da reportagem vencedora foi feito nesta sexta-feira (8).


Em sua quinta edição, essa iniciativa, dirigida para jornalistas profissionais e estudantes de Jornalismo da região, teve como temática central "O comércio atacadista no Oeste Catarinense e sua amplitude". A realização contou com o apoio dos cursos de Jornalismo da Celer Faculdades e da Unochapecó.


A reportagem vencedora trouxe como tema a popularização dos conhecidos atacarejos: estabelecimentos que atuam tanto em forma de atacado com vendas em grande escala, quanto do varejo e foi publicada na edição dos dias 10 e 11 de novembro de 2018 da edição impressa do Diário do Iguaçu.


O texto, que apresenta depoimentos de consumidores e empresários dos ramos de atacado e varejo, afirma que essa modalidade, que amplia a concorrência com os supermercados mediante produtos e serviços diferenciados, “ganhou espaço em tempos de crise financeira e da busca por economia”.


Entre outras informações, a reportagem detalha que os atacarejos atendem com variedade de itens, desde produtos de primeira necessidade até papelaria e utilidades domésticas, entre outras linhas, em pequenas e grandes quantidades.


Explica ainda que “diferentemente do comércio atacadista tradicional, destinado à distribuição e à venda de grandes quantidades de itens para revendedores, o modelo, também chamado de cash and carry, abriu as portas ao consumidor com a venda de centenas de itens de primeira necessidade”.

 

2º prêmio do Diário do Iguaçu


Esta é a segunda edição do prêmio que tem como vencedor um profissional do Diário do Iguaçu. A primeira foi em 2015 com a jornalista Suzane Gobbi, ao vencer a 2ª edição do prêmio com a reportagem: “negócios apostam na entrega para crescer e faturar”.

 

Critérios avaliados

 

Para a avaliação das reportagens foram considerados critérios como a pertinência e relevância da pauta escolhida dentro da temática proposta.


Outros critérios observados foram sobre o ineditismo e aprofundamento do tema em relação ao significado social e econômico do comércio no Oeste de Santa Catarina e a utilização correta das técnicas jornalísticas e observância da Língua Portuguesa. A premiação compreende troféu específico em bronze e mármore, criado pelo artista plástico Xiko Bracht, um smartphone e a publicação da reportagem vencedora no jornal Mais Sicom.


O julgamento dos textos foi feito por uma comissão, composta por representantes do curso de Jornalismo da Celer Faculdades, a professora Valéria Marcondes, do curso de Jornalismo da Unochapecó, a professora Angélica Luersen, e do Sicom, o assessor de imprensa Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira, sob a coordenação da coordenadora de Marketing do Sicom, jornalista Francine Durante.

 

O prêmio

 

O Sicom, através do prêmio, instituído em 7 de abril de 2014, homenageia a jornalista Mariangela Iop de Oliveira, profissional que atuou em sua assessoria de imprensa por 21 anos e foi a primeira mulher jornalista formada a exercer a profissão em Chapecó.


Falecida em 2012, era graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria e em Administração pela Fundeste/Unochapecó e pós-graduada em Metodologia do Ensino Superior em Comunicação Social e em Publicidade e Propaganda e atuou nas rádios Universidade e Imembuí, de Santa Maria, na Rádio Chapecó e foi assessora de Comunicação Social da Prefeitura de Chapecó.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Ricardo Casagrande assume como Delegado Regional em Chapecó
Gestante em trabalho de parto é transferida para Concórdia pelo helicóptero do Sara/Saer-Fron
Motociclista tem fratura no braço e perna após acidente em Pinhalzinho
Jornal do Almoço amplia espaço para região de Chapecó
Motorista perde controle da direção, sai da pista e bate em árvore em Descanso
Depósito é destruído pelo fogo em Chapecó
“Meu propósito foi cumprido e agora é hora de começar outro ciclo”, diz delegado Wagner Meirelles
Incêndio atinge galpão, máquina agrícola, carro e casa no interior de Chapecó
Curso sobre direito à moradia digna é ministrado em Chapecó
Carro capota no centro de Chapecó