Itá e Concórdia registram casos do jogo Baleia Azul

Jovens que estariam participando do jogo recebem acompanhamento da Secretaria de Saúde e de Assistência Social

- Publicidade -
 

As Secretarias de Assistência Social e de Educação das cidades de Itá e Concórdia monitoram a situação de adolescentes que teria participado jogo Baleia Azul – composto por 50 ‘desafios’ onde os participantes são obrigados a praticar automutilação, se expor a situações de perigo e, ao final, cometer suicídio.

>>Psicóloga alerta sobre sinais de mudança de comportamento <<

De acordo com a Prefeitura de Itá, na cidade uma jovem está recebendo acompanhamento especializado depois de ser constatado que ela estava participando do jogo. A situação foi percebida por profissionais do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Itá que, com apoio do Conselho Tutelar, Secretária de Saúde e de familiares, registraram um Boletim de Ocorrência e a adolescente foi encaminhada para internação em Concórdia, onde está recebendo acompanhamento psiquiátrico e psicológico. “É preciso ter muita atenção, há registros de casos semelhantes em várias partes do Brasil e do mundo”, alerta a equipe técnica.

Casos monitorados em Concórdia

De acordo com informações da Rádio Atual FM, a Secretaria de Educação de Concórdia monitora alguns casos envolvendo adolescentes que teriam participado do ‘jogo’. A informação foi confirmada na manhã desta quinta-feira (20) pela secretária Marcia Calderoli, que explicou que os jovens estão recebendo acompanhamento de profissionais especializados e que pais, professores e estudantes receberam alertas sobre os perigos do jogo.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Pastor acusado de matar mulher é condenado a 23 anos de prisão
Homem é preso por não pagar pensão alimentícia em Ponte Serrada
Ex-soldado é condenado a 20 anos de prisão por matar homem em SMO
Polícia Civil cumpre mandado de prisão na região
Gaeco desarticula grupo de contrabando de cigarros
Após disparos, adolescente e armas são apreendidos, em Chapecó
Dez pessoas são presas em operação da Polícia Civil, em Chapecó
Reforço na segurança do Oeste
Homem é morto a tiros em Chapecó
Trabalhador morre após cair em Riqueza