Mais de 100 pontos críticos nas estradas do interior de Chapecó

Equipes trabalham desde a última semana fazendo reparos nas estradas danificadas em função das chuvas

Desde a última semana, cinco equipes da Prefeitura de Chapecó trabalham na recuperação de aproximadamente 100 estradas do interior danificadas em função das fortes chuvas das últimas semanas, em cerca de 50km de vias que cruzam a parte rural da cidade. Atoleiros se formaram em várias partes, dificultando a passagem de veículos de moradores, de transporte escolar e também complicando o processo de escoamento da produção das propriedades e também a chegada de alimentação para os animais.


Conforme o Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural e meio ambiente, Valdir Crestani, durante os dias de chuvas intensas, equipes ficaram de sobreaviso para atender pedidos da comunidade. “Mesmo no período de chuva, trabalhamos para resolver ou amenizar os problemas principalmente nas entradas dos aviários. E isso fez com que nenhuma propriedade deixasse de receber alimentação para suínos e aves, nem sem escoar a produção. É possível que tenha ficado alguma propriedade na área de leite, mas o leite é possível estocar”, disse.  Nesse período foram distribuídas 98 caçambas de cascalho nas estradas, para garantir o acesso nas propriedades e a locomoção de caminhões e veículos, atendendo também a solicitação dos agricultores


Serviços de recuperação

 

Desde a sexta-feira, quando o tempo estabilizou, as equipes deram início aos trabalhos de recuperação dos locais afetados pela chuva, que seguiu fim de semana adentro. Na propriedade de Antônio Miotto, na Linha Monte Belo, foi uma das localidades onde as máquinas fizeram reparos emergenciais. Ele conta que com a estrada ruim e cheia de barro, a movimentação dos caminhões ficou prejudicada. “Quando chove e amolece o barro fica ruim para veículos pesados passarem”, contou.


Trabalhadores também estiveram na Sede Trentin, onde começaram os reparos em uma das estradas da Aldeia Toldo Chimbangue onde uma van de transporte escolar ficou atolada e precisou ser rebocada pelas máquinas que trabalhavam no local. O cacique Idalino Fernandes, lembra que a estrada está ruim há tempos, mas o cascalhamento deve amenizar a situação.


“São vários pedaços da estrada que estão ruins, mas aqui (onde atolou o veículo) é o pior deles. As crianças tiveram que descer e se sujar para poder chegar na escola”, contou, e lembrou que na última semana alguns crianças não conseguiram chegar à escola devido a estrada ruim. Sobre os reparos, ele conta que vão amenizar o problema. “Vai amenizar, mas não vai resolver. Para ficar bom, tem que começar e terminar esse cascalhamento, para ficar bem feito. Esperamos que o tempo ajude, porque a gente sabe que muitos outros lugares também foram afetados pela chuva”, disse.


Revitalização das estradas

 

Crestani reforça que os trabalhos de reparos emergenciais devem ser finalizados em até 20 dias. Depois disso, as equipes retomam os trabalhos de revitalização das estradas que estava em andamento antes dos temporais. “Estamos fazendo o alargamento das vias, cascalhando e abrindo sarjetas às margens das estradas para não deixar criar os bolsões de água, conforme a determinação do Prefeito Luciano Buligon. Foi devido a isso que essas estradas (que já passaram pela revitalização), não tiveram prejuízos nestes últimos dias”, lembrou o secretário.

 

Programação


Para esta semana, a Programação da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente é passar nos seguintes linhas e comunidades: Baronesa da Limeira, Monte Belo, Marcon, Rodeio Bonito, Pequena. Na região do Alto da Serra: Linha Antinhas e estrada principal que liga o Alto da Serra a Linha Batistello. Na região do Marechal Bormann: Linha Carneiro, Vailon, Beira Rio e Vilagos.

 

Tapa-buraco também na área urbana

 

A Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano também trabalha na recuperação de vias urbanas danificadas em função do acumulado de chuva dos últimos dias, que ultrapassou os 300mm em Chapecó. O Secretário de Infraestrutura e desenvolvimento Urbano, Ivaldo Pizzinato, o Gringo, explica que as equipes trabalharam sexta, sábado e domingo fazendo reparos nas estradas.


“Começamos pelas vias de maior movimento de veículos. Só nestes dias foram 130 toneladas de asfalto para os reparos”, contou. Foram feitos reparos nas Avenidas Irineu Bornhausen, General Osório, Atílio Fontana, e nesta segunda-feira (12) as equipes trabalhavam na John Kennedy, no bairro Passo dos Fortes. Além dos reparos nas vias, as equipes fizeram a troca de cerca de 300 lâmpadas dos postes de iluminação pública da cidade.


As próximas ruas que devem receber reparos são nos bairros Santa Maria, Bela Vista, Cristo Rei e seguindo no Passo dos Fortes. “Também cascalhamos estradas que não tem asfalto e tapamos os buracos abertos pela Casan”, disse. Conforme o secretário, se o tempo colaborar o objetivo é finalizar esses reparos emergenciais até o fim da semana.

 

Ações na cidade


78 cargas de cascalho

40 bueiros e tubulações desobstruídos

85 cargas de galhos coletados

25 toneladas de lixo recolhidas

300 lâmpadas trocadas

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Ambulância sai de pista e bate em pedras na BR-282, em Descanso
Mulher fica gravemente ferida após capotar o carro em Xaxim
Mulher e adolescente são atropeladas em Xaxim
Inscrições para o concurso do IGP são prorrogadas até dia 23
Carro tenta entrar na pista e bate em moto na BR-163, em São Miguel do Oeste
Motorista não para em congestionamento e causa acidente na BR-282, em Cordilheira Alta
Dois acidentes acontecem no mesmo horário na BR-282, em Faxinal dos Guedes
Acadêmicos do curso de Direito da Unochapecó visitam Brasília
Dia do cão no Ecoparque é neste domingo (22)
Novilhos morrem após acidente em Guaraciaba