Mais de 2 mil corredores participam da Meia Maratona em Chapecó

Nem o frio, nem a chuva atrapalharam os atletas que participaram da 4ª edição da Meia Maratona de Chapecó que aconteceu neste domingo (15)

- Publicidade -
 

O domingo amanheceu com chuva e temperatura baixa, cenário bem diferente da semana que passou, onde o sol brilhou com força no Oeste. Mas nem essa mudança de cenário atrapalhou os mais de dois mil atletas que toparam correr na chuva e participaram da 4ª edição da Meia Maratona da Caixa, realizada neste domingo (15) em Chapecó. Segundo os organizadores, essa foi a maior prova em número de participantes já realizada na cidade, que em 2017 registrou 1,5 mil corredores.

A largada foi em frente a Havan, no centro de Chapecó para os trajetos de 5, 10 e 21km, além da caminhada 2k. Na prova de 21k, saíram vencedores Laurindo Nunes Neto (com o tempo de 1h10min03seg) e Elisandra Ferreira de Oliveira (completando a prova em 1h22min49seg). Já nos 10k, cruzaram a linha de chegada em primeiro lugar Mauro Roberto Freitag (que chegou aos 35min34seg) e Adriane Lorenzato (com o tempo de 44min22seg).

O maior número de participantes se concentrou na modalidade 5k, que teve Ojanio dos Santos (que chegou aos 16min05seg) e Lizandra Zuanazzi (que conclui a prova em 19min04seg) como os primeiros que cruzaram a linha de chegada. Santos conquistou o tetracampeonato da prova. O atleta, de Balneário  Camboriú conta que o percurso tem muitas elevações, mas que isso não é empecilho.

“Meu treinos, geralmente, são em terrenos planos, no nível do mar, mas quando participo das edições eu procuro situações de trechos mais íngremes, com mais subidas pra já começar a ambientar e preparar para essas prova”, conta.

Todos os participantes da prova entregaram doações de alimentos não perecíveis, totalizando duas toneladas de alimentados arrecadados, que serão entregues para o Programa Viver, Centro de Convivência do Idoso e também para o Abrigo Municipal de Chapecó.

De acordo com o secretário de esportes de Chapecó, Ivan Carlos, a cidade comprou a ideia da prova e vestiu a camisa da corrida de rua. “Conversamos com os visitantes e moradores e todos estavam felizes por estarem na maior cidade do Oeste catarinense, vivenciando o esporte ocupar as ruas. Agradecemos a todos que participaram e temos certeza que o evento está consolidado”, comenta.

Em relação à organização, Ivan destaca o empenho da equipe. “Não teve tempo ruim, mesmo. A chuva na noite anterior na prova e na primeira largada não tirou o ânimo e o sorriso no rosto de quem orientava os atletas. Com certeza estaremos juntos também em 2019”, finaliza.

O evento foi uma realização da Associação de Apoio à Cultura e Esporte de Santa Catarina (AACESC), com apoio da Prefeitura Municipal de Chapecó e patrocínio da Caixa e Havan. A organização é da Corre Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Após reforma em ginásio, futsal de São Lourenço volta a jogar em casa pela Especial
Missão da Chapecoense Futsal: marcar pelo menos 3 gols e ainda não ser vazada
Canarinho e Rodeio Bonito/Hortiagro decidem a Série A do Municipal de Chapecó
Corrida de rua e caminhada em Chapecó faz homenagem ao Dia do Suinocultor
Mais medalhas e vitórias nos esportes coletivos para Chapecó nos Joguinhos
Medalhas para Chapecó nos Joguinhos Abertos
Chapecó fatura 29 medalhas no Catarinense de Natação
Pinhalense fatura o primeiro troféu do ano da Liga Catarinense de Futsal
Chapecoense fica em 3º em um dos maiores ralis do Brasil
Delegação de Chapecó começa a chegar em Curitibanos