Mulher é indiciada por denunciação caluniosa em Chapecó

Ela teria mentido que foi vítima de estupro. Investigação foi concluída pela Polícia Civil nesta quinta-feira (13)

- Publicidade -
 

A Polícia Civil, por meio da DPCAMI Chapecó, concluiu, nesta quinta-feira (13), a investigação que apurava suposto estupro que teria vitimado uma mulher de 49 anos.

>>Leia mais notícias do DI<<

De acordo com a Polícia Civil, após o marido descobrir seu relacionamento extraconjugal, ela foi até a DPCAMI e relatou ter sido vítima de estupro, apontando seu amante como autor do crime.

Durante as investigações verificou-se que a versão apresentada pela suposta vítima não correspondia ao apurado pela equipe da delegacia. Segundo a Polícia Civil, ao prestar novo depoimento a mulher entrou em contradição e a verdadeira história foi descoberta.

Acionar a polícia, dando causa a uma investigação policial sobre fatos que não ocorreram, e apontar pessoa inocente como seu autor, é crime de denunciação caluniosa, punido com pena de reclusão de 2 a 8 anos. Toda denúncia é apurada e busca-se a punição exemplar do infrator, porém, sempre observando os valores da legalidade e justiça.

>> Perseguição, choque em barranco, prisão e veículo recuperado em Chapecó<<

DEIXE SEU COMENTÁRIO

PM e Receita Federal recuperam em Concórdia aparelho levado em roubo milionário em Chapecó
Homem joga aparelho de som contra PMs durante atendimento a ocorrência de perturbação em Chapecó
PRF prende em Passo Fundo três estelionatários que aplicavam golpe na região de Chapecó
Traficantes são condenados a 53 anos de prisão e multa de R$ 250 mil em Ponte Serrada
Rastreador de celular ajuda PRF a localizar caminhonete furtada em Araquari
Adolescentes são apreendidos com 46 pedras de crack no Bairro Passo dos Fortes
Jovem é preso com 28kg de maconha em duas malas em São Lourenço do Oeste
Polícia Civil prende três investigados por tentativa de homicídio em Chapecó
Justiça nega pedido de liberdade para homem que tentou matar companheira em Xaxim
Homem descumpre medida protetiva, se esconde em banheiro e é preso pela PM em Chapecó