Operação Corpus Christi: Queda no número de acidentes e mortes nas rodovias de SC

Mesmo com as reduções, a PRF registrou cerca de 5 mil veículos acima da velocidade permitida. Um deles foi surpreendido a 175 km/h. Já a PMRv, flagrou mais de 400 condutores em excesso de velocidade, sendo um deles a 187Km/h

 A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) encerrou às 8h desta segunda-feira (19), a Operação Corpus Christi 2017, que começou às 18h do dia 14 de junho. O policiamento foi reforçado nas principais rodovias estaduais do extremo oeste de Santa Catarina. 


Segundo a PMRv, em comparação ao mesmo período da operação Corpus Christi de 2016, houve uma redução de 21% no número de acidentes e uma redução de 36% no número de feridos. Em 2016 não foram registradas mortes nas rodovias sob circunscrição da PMRv, embora os números apresentados apontem para uma redução do índice de acidentes e de feridos, as infrações flagradas sugerem que os motoristas ainda precisam mudar o comportamento. Em 2017 a morte registrada foi de um motociclista na SC 480, no Distrito de Marechal Bormann, em Chapecó.

 

Imprudência

Durante os trabalhos de fiscalização, 422 condutores foram flagrados em excesso de velocidade. Um deles foi surpreendido a 187Km/h. Entre os acidentes registrados no período, as causas prováveis mais apuradas foram atribuídas à falta de atenção (28%), ao excesso de velocidade (21%) e defeito mecânico (14%).


Rodovias Federais

Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou à meia-noite de domingo (18), Operação Corpus Christi 2017. Durante os cinco dias de operação, foram registradas reduções nos índices de acidentes e mortes em comparação a operação realizada anos anteriores. Foram 143 acidentes, nos quais 150 pessoas se feriram e seis pessoas morreram. Em comparação a 2016, houve redução de 19% no número de acidentes e redução de 53% no número de mortes no local.

Em 2015 foram 253 acidentes, 146 feridos e oito mortos. Em 2016 foram 178 acidentes, 136 feridos e 13 mortos. E em 2017, 143 acidentes, 150 feridos e seis mortos. As mortes foram na Via Expressa (BR 282), duas na BR 280, uma na 101 e uma na 470. Quatro destas pessoas morreram em decido a batidas de frente e as outras duas em atropelamentos de pedestre.

Segundo a PRF, foram abordados 6.833 veículos e extraídos 2.848 autos de infração. Destes, 120 foram para motoristas que estavam dirigindo sob efeito de álcool. Os radares fotográficos registraram 4.960 imagens de veículos acima da velocidade permitida. Um deles passou a 175 km/h na BR 282 em Bom Retiro, local onde a velocidade máxima é de 80 km/h. Ainda durante a Operação, o combate ao crime apreendeu sete mil comprimidos de ecstasy em Palhoça, recuperou cinco veículos roubados e deteve 33 pessoas por crimes diversos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Suspeito de assalto é baleado e morre em Chapecó
Polícia recupera mais de R$ 28 mil após assalto em Chapecó
Motocicleta roubada é encontrada próximo a riacho em Piratuba
873 kg de maconha são apreendidos em carreta de Erechim
Homem é vítima de golpes de faca em Xanxerê
Homem atira 16 vezes contra veículo em Concórdia
Homem escala a sacada de prédio e é preso em Xanxerê
Casal é detido após briga, em Chapecó
Polícia Civil deflagra operação para combate de exploração sexual contra crianças em SC
Idosa é vítima do golpe do bilhete premiado, em Concórdia