Pedal Só Delas é novidade para mulheres que querem começar a pedalar em Chapecó

Giro Bike organiza grupo de pedal só para mulheres, atividade marcada para toda segunda-feira às 19h. Atividade inicia dia 14 de janeiro. Saiba como funciona e o que precisa para pedalar

A Giro Bike tem uma novidade para as mulheres que desejam começar a pedalar, mas por algum motivo tem receio. A partir desta segunda-feira (14), começará o grupo Pedal Só Delas, que fará trajetos de 10 a 15km de bike, por várias regiões da cidade e é destinado a quem quer começar a praticar essa atividade física.

A iniciativa é da Giro Bike e da empresária e ciclista Luciana Pereira da Silva, a Tita, de 35 anos, que há um ano e quatro meses começou a pedalar, mas notou que algumas mulheres acabavam saindo pois não conseguiram acompanhar o grupo. “Pensavam ‘ah, eu pedalo fraco’, enquanto tinham outras mulheres que pedalavam mais forte. Por isso algumas deixam de ir. Então eu quis fazer um pedal só para elas, para que elas se sentissem melhor, já que estão iniciando”, conta.

Luciana será uma das guias do grupo e conta que viveu os desafios de começar a pedalar sem passar pelo grupo de iniciantes. Ela explica que pedalar possui muitos benefícios para a saúde, para quem deseja emagrecer ou ainda para diminuir o stress. “Chega o fim do dia, você quer pegar a bicicleta. É um momento teu, você se esquece de tudo”, diz a guia.

 Quando começa?

O pedal Só Delas, acontecerá todas as segundas-feiras. Os encontros acontecem na Giro Bike, localizada na Rua Guaporé, no Centro de Chapecó. A saída das ciclistas será sempre às 19 horas e os trajetos serão os mais variados, com percursos entre 10 a 15 quilômetros, cerca de 1 hora de pedal.

Como faço para participar?

Para participar as mulheres devem ter mais de 14 anos – mas adolescentes precisam ser acompanhadas por uma responsável. O sócio da Giro Bike, Rony Fontana, explica que as inscrições no grupo são gratuitas e as interessadas podem entrar em contato com a loja pelo WhatsApp (49) 984029825, pelo instagram da Giro Bike (@girobike) ou pelo telefone (49) 33284900.

O que é necessário para pedalar?                          

Luciana explica que quem quiser iniciar no grupo deve ter uma bike, capacete, roupa adequada, sinalização na bicicleta. Outra orientação muito importante é que as ciclistas devem seguir todas as orientações do guia. “É como se fosse um carro. Tem que seguir na rua certa, dobrar, andar na mão certa”. Tita também reforça que é preciso que cada participante saiba da sua capacidade física no pedal e respeite seus limites. Além disso, levar um lanche e uma água é muito importante.

Clínica da Bike

Com o tempo e a frequência do pedal, é interessante que as ciclistas aprendam a trocar pneu e alguns outros cuidados com a manutenção da bicicleta. Nesse sentido, a Giro Bike oferece a atividade de clínica de bike, onde é ensinado como trocar pneu e outras necessidades que possam surgir a cada trilha. Tudo isso os ciclistas encontram na loja da Giro Bike, na rua Guaporé, esquina com Fernando Machado.

Grupo intermediário

Para quem já pedala e está em um nível intermediário, Rony explica que toda terça-feira há outro grupo. Nele, participam homens e mulheres e os percursos são mais longos. Mais informações sobre as atividades realizadas pelo Giro Bike pelo telefone 33284900.



Fotos: Arquivo Pessoal




1 COMENTÁRIO(S)

  1. Esse pedal não é uma novidade em Chapecó, pedal só para mulheres bas segundas-feiras, já existe em Chapecó desde o ano passado como uma iniciativa inédita em Chapecó realizada pela CICLONE BICICLETAS.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Liga Catarinense de Futsal confirma novidades para a temporada 2019
Tênis de mesa de Concórdia quer reativar o circuito municipal escolar
Prefeitura de Chapecó vai repassar R$ 2,5 milhões ao esporte amador em 2019
Base do Concórdia inicia preparação. Copa Maravilha é o primeiro desafio em 2019
Pedal Só Delas é novidade para mulheres que querem começar a pedalar em Chapecó
Karatê: Chapecoense Marco dos Anjos começa 2019 na seleção brasileira
Concórdia Atlético Clube abre matrículas para escolinha de futebol
Poker Catarinense: Ferronato termina o ano em grande fase
Douglas Grolli assina com Marítimo de Portugal
Por que os jogos de apostas são ilegais no Brasil?