Presídio e Penitenciária de Chapecó são classificados como excelentes

Levantamento do Conselho Nacional de Justiça, apontou que a Penitenciária Industrial e o Presídio Regional de Chapecó receberam avaliação como excelentes. Penitenciária Agrícola foi considerada regular

A Penitenciária Industrial de Chapecó (Pich) e o Presídio Regional de Chapecó são duas, das quatro unidades catarinenses, que receberam a classificação excelente no levantamento feito pelo Geopresídios, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), divulgado nesta terça-feira (13).

O levantamento avaliou 50 unidades prisionais do Estado. Destas, apenas 4 receberam a classificação excelente. Além de Chapecó, a Unidade Prisional de São Francisco do Sul e o Complexo Prisional do Vale do Itajaí.

A Penitenciária Agrícola de Chapecó recebeu a avaliação ‘Regular’. Atualmente a unidade abriga 736 presos, mas tem capacidade para 653.

No relatório sobre a Pach, foi destacada a ampliação do número de vagas dos presos do regime Semiaberto.

 

Oportunidade de trabalho

 

Matéria publicada no Diário do Iguaçu do dia 16 de maio mostrou a evolução na oferta de trabalho para os presos que cumprem pena em regime fechado e semiaberto, em Chapecó.

Até o mês de maio eram 22 empresas conveniadas para oferecer atividades laborais na unidade, com 41,22% dos presos com condenação atuando em uma dessas atividades.

Na Pach 33,8% dos presos trabalham, na Pich são 20,2%. Já no regime semiaberto, 82% dos presos realizam atividades laborais e a meta é que até o fim do ano todos os detentos estejam trabalhando.

Em maio, a reportagem acompanhou parte de uma das inspeções feitas pelo juiz responsável pela Vara de Execuções Penais, Gustavo Marchiori, que na ocasião destacou a evolução na situação das atividades dentro das unidades.

 “Quanto maior o número de atividade laboral, menor o número de incidentes, menor o número de problemas”, destacou na época.

 

Ampliação das vagas do semiaberto


O número de vagas para presos que cumprem pena em regime semiaberto também foi ampliada neste ano. Com isso, o problema de superlotação foi solucionado.

 

Quantidade de unidades avaliadas: 50

Total de vagas: 15.251

Total de presos: 20.087

Déficit: 3.364

Unidades com bloqueadores de celular: 6

Unidades com detector de metais: 6

 

Avaliação das unidades catarinenses

Péssimas: 12

Ruins: 2

Regulares: 16

Boas: 16

Excelentes: 4

 

Situação das unidades do Oeste

Unidade: Presídio de Xanxerê

Vagas

Qdade de presos

Déficit de vagas

Tipo de presos

Condição

74

247

182

Provisórios, masculinos

péssimas


Unidade: Unidade Prisional Avançada de São Miguel do Oeste

Vagas

Qdade de presos

Déficit de vagas

Tipo de presos

Condição

22

80

59

Provisórios, semiaberto, fechado, cumprimento de pena, masculinos

boas


Unidade: Unidade Prisional Avançada de São José do Cedro

Vagas

Qdade de presos

Déficit de vagas

Tipo de presos

Condição

89

87

0

Provisórios, semiaberto, fechado, cumprimento de pena, masculinos

boas


Unidade: Presídio Regional de Concórdia

Vagas

Qdade de presos

Déficit de vagas

Tipo de presos

Condição

160

197

35

Provisórios, masculinos, feminino

péssimo


Unidade: Cadeia pública de Maravilha

Vagas

Qdade de presos

Déficit de vagas

Tipo de presos

Condição

59

77

18

Provisórios, em Cumprimento de Pena, Masculino, Semiaberto,  Regime Fechado

péssimo

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Homem é preso suspeito de estuprar a filha em Chapecó
Após denúncias de perturbação, carro é apreendido em Chapecó
Homem é detido suspeito de tentar estuprar mulher em Xanxerê
Homem é detido suspeito de tentativa de estupro em Chapecó
Posto de combustíveis é assaltado em Chapecó
Rinha de galo é flagrada em Romelândia
Fogo destrói casa e galpão em Flor do Sertão
Adolescente é baleado em Chapecó
Homem é detido por ameaçar mulher com faca
Idoso foi atropelado na SC-480