Tecnologia produzida no Oeste para o mercado nacional

Em São Miguel do Oeste, foi fundada em 1987 e é destaca no mercado nacional

Com mais de 25 anos de experiência, a Sysmo Sistemas, de São Miguel do Oeste, criava softwares para diversos segmentos de mercado.

Mas o desafio lançado por um supermercadista, em 1993, levou a focar todo o seu potencial para um direcionamento mais específico.

O ganho foi imediato e crescem todos os anos desde então. Atualmente, são os líderes em Santa Catarina no desenvolvimento e fornecimento de software para supermercados.

O foco permitiu a criação de inovações em cima desta demanda, com um forte trabalho de parceria em cima das associações regionais e estaduais.

"No segmento que trabalhamos são empresários bem unidos. Mesmo com a concorrência, trabalham em parceria. Foi uma divulgação eficiente de boca a boca que nos ajudou a ampliar os nossos clientes", explica o diretor administrativo Miguel Bocalon.

A Sysmo foi fundada em 1987 pelo atual diretor administrativo, Miguel Ângelo Scartazzini Bocalon. Iniciou as atividades como um escritório de serviços de processamento de dados na área contábil, fiscal e patrimonial. Pouco depois da fundação, o irmão de Miguel, José Eduardo Bocalon, atual diretor comercial, tornou-se sócio da empresa.

Em 1989, deu os primeiros passos na área de tecnologia, com o desenvolvimento e início da comercialização de um software chamado Supervisor, para empresas da região Oeste, principalmente. Agora, operam em 167 cidades catarinenses e tem grandes redes de mercadistas como clientes em dez estados (RS, SC, PR, RN, RJ, DF, MT, MG, MA e GO). São atualmente mais de 1.610 supermercados atendidos no Brasil, com mais de 7,2 mil pontos de venda.

"Vimos à necessidade de algo que falasse a linguagem dos nossos clientes. Cada colaborador respira e vive o dia a dia do supermercadista. Fala sobre padaria, açougue, gôndola, estoque, produto, frete de loja, opções de fechamento, caixa, trabalho com cartões de crédito", completa.

A busca constante por inovação é um dos principais diferenciais da empresa. Os diretores contam que os clientes trazem diariamente novos desafios de tecnologia que vão sendo incorporados ao sistema.

Para atender a essas demandas, a empresa investe nos 110 colaboradores ao oferecer cursos, aperfeiçoamentos, treinamentos e principalmente no incentivo financeiro para a continuação dos estudos de pós-graduação e mestrado.

O resultado são conquistas em prêmios nacionais, como o Prêmio Mérito ExpoSuper 2016, que recebeu pela oitava vez. Reconhecimento que se concretiza, principalmente, em mais espaço no mercado nacional. "São reconhecimentos importantes para elevar a motivação e autoestima dos nossos profissionais", ressalta Bocalon.

As empresas de tecnologia tem sido um dos poucos setores a manter um alto nível de crescimento mesmo em meio à crise econômica.

Em 2015, a Sysmo começou a obra de ampliação de sua sede, que vai dobrar o tamanho atual e chegar a 2,7 mil metros quadrados de área. A entrega está prevista para o primeiro trimestre do ano que vem.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Tecnologia produzida no Oeste para o mercado nacional
Indústria de móveis do Oeste conquista mercado mundial
O valor de um pãozinho
A força e a tradição do cooperativismo que alavam o Oeste de SC
Comprometimento regional para crescer ainda mais