Vereadores aprovam orçamento de R$ 146 milhões para São Miguel do Oeste

Matéria foi analisada em primeira votação. Emenda aprovada pelos vereadores prevê que movimentação de recursos do Município deverá passar por análise da Câmara

Os vereadores de São Miguel do Oeste aprovaram, em primeiro turno, nesta quinta-feira (6), os três projetos de lei que compõem o Orçamento de 2019 do Município. Sessão foi exclusiva para análise das matérias. Para o próximo ano a estimativa de arrecadação é de R$ 146 milhões.

Emenda dos vereadores Gilberto Berté e Silvia Kuhn (MDB) alterou trechos dos projetos da LDO e da Lei Orçamentária prevendo que a movimentação de recursos orçamentários poderá ser feita se for autorizada pelo Poder Legislativo através de lei específica. Com isso, as alterações no Orçamento deverão passar por votação da Câmara. 

Gilberto Berté ressaltou que nos últimos dois anos foi acordado liberar a movimentação de recursos em 25% e 15% sem necessidade de aprovação pela Câmara, e justificou que é obrigação do Legislativo fiscalizar os atos do Poder Executivo. Ele entende que com a necessidade de aprovação das alterações orçamentárias, a Câmara exerce melhor o papel fiscalizatório.

Últimas notícias

Emenda

Também proponente da emenda, a vereadora Silvia Kuhn ressaltou que não recebeu relatórios de movimentações orçamentárias do Poder Executivo. Ela afirmou que todos os pedidos de suplementação orçamentária foram aprovados pela Câmara neste ano, ou seja, a Câmara não criou empecilhos para realizar alterações orçamentárias.

O líder do governo, Elias Araújo, defendeu manter o Orçamento aberto (de livre movimentação pelo Executivo), ressaltando que a Administração tem agido de forma responsável com a execução orçamentária. Ele afirmou que até então não se viu nenhum ato que desabone a Administração.

Elias ressaltou que o prefeito não fez uso da livre movimentação de recursos do Orçamento, mas que pode vir a necessitar no futuro. As emendas propostas foram aprovadas por maioria, com votos contrários de Cássio da Silva (MDB) e Elias Araújo (PSD). Já os projetos do Orçamento foram aprovados por unanimidade. 

A segunda votação dos projetos do Orçamento será realizada na quinta-feira (13) em sessão ordinária a partir das 20h.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Governador eleito tem audiência com Bolsonaro
Helton Zeferino anuncia André Ribeiro como secretário-adjunto de Saúde
Bolsonaro vai propor alteração no sistema de votação eleitoral
Moisés anuncia mais quatro secretários
TJDF expede mandado de prisão de João Rodrigues
Vereadores aprovam orçamento de R$ 146 milhões para São Miguel do Oeste
Acamosc realiza eleição da nova diretoria no sábado
Empresa sugere tarifa R$ 0,22 mais barata para o transporte coletivo de Chapecó
Dias Toffoli pede vistas e interrompe julgamento de João Rodrigues
Bancada do MDB de SC é recebida por Bolsonaro