Cezar da Luz
184 ARTIGOS
Cezar da Luz é gaúcho de São Gabriel, aquerenciado há 40 anos em Chapecó. Na imprensa é colunista do Diário do Iguaçu/Folha de Chapecó e há 16 anos apresenta o programa Chama Nativa na Rádio Super Condá Am 610. Também é pesquisador e palestrante da história e cultura gaúcha.

Baita exemplo: Segunda Cavalgada do Bem

- Publicidade -
 

Atenção, tradicionalistas do nosso estado! Sei que muitos tradicionalistas catarinenses contribuem procurando tornar o Natal mais humano, mas podemos melhorar. O exemplo vem do velho Rio Grande. Procurando tornar o Natal mais feliz, igualitário e fraterno, a Rede de Bancos de Alimentos RS, a RBS TV, o Jornal do Almoço e a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho deram as mãos e criaram o “Natal do Bem” – uma corrente de solidariedade entre pessoas que têm um pouquinho a oferecer para aqueles que nada têm.

Dentre as ações de destaque está a 2ª Cavalgada do Bem, a ser realizada em 14 de dezembro. Na primeira edição milhares de cavaleiros de 132 CTGs e piquetes percorreram 79 municípios recolhendo 90 toneladas de alimentos que foram para a mesa de milhares de famílias, fazendo com que crianças, jovens, adultos e idosos pudessem ter uma ceia de Natal mais digna. A Cavalgada do Bem uniu e imantou a sociedade em prol da solidariedade, demonstrando o verdadeiro espírito gaúcho de Natal.

A grande novidade deste ano é a parceria com o Desafio Farroupilha – o reality de danças tradicionalistas da RBS TV. Quatro grupos finalistas do Desafio Farroupilha mobilizarão os CTGs e piquetes dos 497 municípios gaúchos estimulando a arrecadação de alimentos.

Em quatro anos de parceria, 892 toneladas de alimentos foram doados por meio do Natal do Bem – beneficiando milhões de pessoas atendidas em 900 entidades beneficiadas.

Sobre os bancos de alimentos: são organizações sem fins lucrativos que atuam minimizando a fome nas localidades onde estão instalados. Arrecadam, classificam, armazenam e doam alimentos às instituições beneficentes cadastradas (creches, asilos, lares de excepcionais, entre outros).

“Natal é uma época de sonhos e desejos. Que tal ajudar a transformá-los em realidade?”.


DEIXE SEU COMENTÁRIO