Andréa Leonora
515 ARTIGOS
Jornalista com mais de 30 anos de experiência, passou pelos jornais A Notícia, Diário Catarinense, Gazeta Mercantil e Indústria&Com;ércio. Tem matérias publicadas também em O Globo e Folha de São Paulo. Atuou na Assessoria de Imprensa da Petrobras, no Rio de Janeiro, e, em Santa Catarina, na área de Comunicação da Celesc, da Eletrosul e da Assembleia Legislativa. É editora da Coluna Pelo Estado desde 2010 e coordenadora de Integração Editorial da ADI-BR

Bancada Feminina contra Jessé Lopes irá além da Comissão de Ética

- Publicidade -
 

A Bancada Feminina da Assembleia Legislativa, representada pelas deputadas Paulinha (PDT), Luciane Carminatti (PT), Ada De Luca (MDB) e Marlene Fengler (PSD), estuda medidas jurídicas contra o deputado estadual Jessé Lopes (PSL), por incitar o assédio contra mulheres. A importunação sexual é um ato que virou crime através da Lei 13.718/18. A deputada Paulinha disse que, desta vez, a representação não se limitará à Comissão de Ética da Alesc. “A advogada Ana de Blasi está nos aconselhando em relação ao regramento legal”, avisou. Segundo ela, o caso poderá ser levado a órgãos como o Ministério Público e onde mais couber a ação. Paulinha disse que Lopes tem todo o direito de se posicionar, mas não de promover a violência e banalizar o assédio. Desta vez, as declarações polêmicas foram em relação à campanha Não é Não, que consiste na distribuição de tatuagens temporárias a mulheres durante o Carnaval. As declarações do deputado contra o movimento feminista não começaram agora, mas desta vez ganharam repercussão nacional em jornais, revistas e redes sociais. Só para citar algumas, no ano passado fez uma publicação ensinando como as “feminazis” deveriam lidar com os estupradores. Depois, implicou com o famoso protesto “Um estuprador no teu caminho” criado pelo coletivo Las Tesis, do Chile, com a finalidade de marcar o Dia Internacional do Combate à Violência Contra a Mulher e que teve edição em Florianópolis.


 Milhões de turistas


A Santur prepara um infográfi co para traçar o perfil da alta temporada em Santa Catarina. Além de mensurar o fluxo de turistas, os dados vão medir os impactos sobre o consumo de energia elétrica e de água, o fluxo de veículos, número de empregos gerados, entre outros indicadores. A presidente da Santur, Flavia Didomenico, mantém a projeção inicial de 4,9 milhões de visitantes no verão. A perspectiva tem como base os anos anteriores e informações da Polícia Federal, dos Anuários do Ministério do Turismo e das agências online. No mesmo período do ano passado, foram registradas 4,5 milhões de pessoas. “A temporada tem se mostrado positiva, mesmo diante do contexto da alta do dólar e da crise na Argentina”, comentou. A presidente disse em 2019 a Santur promoveu o estado nas regiões Norte e Nordeste do Brasil e países como o Chile, Uruguai e Paraguai. “Em 2020 vamos expandir para o mercado europeu”, disse.


“A [ex-presidente] Dilma Roussef, lembram das pedaladas?, caiu por muito menos que isso. Está comprovado, o crime de improbidade administrativa aconteceu. Agora vamos ver como este processo vai rodar na Alesc.”


Deputado Kennedy Nunes (PSD) comentando, nas redes sociais, o processo do defensor público, Ralf Zimmer Junior, protocolado nesta segunda-feira (13), que pede o impeachment do governador Carlos Moisés


 


 


Recorde Histórico Santa Catarina teve o melhor desempenho da história na exportação de carnes em 2019. O embarque de carne suína bateu recorde e o de frango teve seu segundo melhor resultado em 22 anos. Os catarinenses encerraram o ano com um faturamento de US$ 3,12 bilhões com as exportações de carnes, um crescimento de 19,4% em relação a 2018.


Reciclagem A Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc) coletou 4,75 toneladas de lixo eletroeletrônico no ano passado. O município deixou de emitir 5,4 toneladas de gás carbônico, o equivalente a 109 carros rodando durante uma semana e economizou energia sufi - ciente para abastecer 2.105 casas por um dia. A iniciativa ajudou a weee.do (empresa responsável pela destinação correta dos resíduos) a doar 114 computadores para projetos sociais e uma TV para a escola municipal de Camboriú CEI Julita Pereira.


Vagas na Udesc A Udesc abriu 13 vagas de professor substituto para Balneário Camboriú, Florianópolis, Ibirama, Joinville e Lages. As inscrições vão até 20 de janeiro para candidatos doadores de sangue e/ou medula, com isenção da taxa e até 27 de janeiro para os demais interessados. As oportunidades são temporárias, com prazo de até quatro anos, em diversas áreas do conhecimento. Os salários variam de acordo com a titulação e as horas contratadas. Confira o edital.


Cursos Técnicos O Senai-SC está com inscrições abertas para 5,8 mil vagas em mais de 180 cursos técnicos, oferecidos em 44 cidades do Estado. São programas alinhados às exigências do mercado. A estratégia contribui para a elevação da empregabilidade dos egressos: 86,5% têm colocação no término do curso ou alguns meses após.


 


Juliana Wilke


DEIXE SEU COMENTÁRIO