Bruno Pace Dori
515 ARTIGOS
Formado em Comunicação Social pela Unochapecó, Bruno Pace Dori tem mais de 10 anos de experiência na área do jornalismo e assessoria. É editor de Política do Diário do Iguaçu e traz informações que são destaque em Chapecó e Santa Catarina.

Bolsonaro nomeia Cimadon para o Conselho Nacional de Educação

- Publicidade -
 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, nomeou o reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), professor Aristides Cimadon, ao Conselho Nacional de Educação (CNE). A portaria foi publicada na edição desta sexta-feira (10) do Diário Oficial da União. Cimadon, a partir deste sábado (11), passa a compor a Câmara de Educação Superior (CES) do Conselho.

O reitor era cotado para assumir como ministro da Educação (MEC). Na segunda-feira (6), ele chegou a se reunir com Bolsonaro, no Palácio do Planalto. Na ocasião, Cimadon disse que a conversa tinha durado 45 minutos e que havia apresentado ao presidente o que pensa sobre o MEC e a educação brasileira. De acordo com ele, Bolsonaro ouviria outros candidatos à vaga.

O CNE objetiva buscar alternativas que possibilitem assegurar a participação da sociedade no desenvolvimento, aprimoramento e na consolidação da educação nacional de qualidade. As atribuições são normativas, deliberativas e de assessoramento ao ministro da Educação, com funções de formular e avaliar a política nacional de educação e zelar pela qualidade do ensino.

Cimadon está no seu quinto mandato (quadriênio 2016-2020) como reitor e é vice-presidente da Acafe, associação que engloba 16 instituições de ensino superior de SC. Ele tem 70 anos e é graduado em filosofia (1974), pedagogia (1976) e direito (1995). Ainda, o reitor tem mestrado em educação (1982), mestrado em direito (1998) e um doutorado em ciência jurídica (2006).

DEIXE SEU COMENTÁRIO