Bruno Pace Dori
222 ARTIGOS
Formado em Comunicação Social pela Unochapecó, Bruno Pace Dori tem mais de 10 anos de experiência na área do jornalismo e assessoria. É editor de Política do Diário do Iguaçu e traz informações que são destaque em Chapecó e Santa Catarina.

Câmara de Chapecó promove audiência pública sem sentido

- Publicidade -
 

Algumas ações no meio político são realmente difíceis de entender. A Câmara de Vereadores de Chapecó realizou na noite de quinta-feira (11) uma audiência pública para debater a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019, que trata sobre a Reforma da Previdência.

A questão é que o texto-base da PEC foi aprovado na noite de quarta-feira (10), um dia antes da audiência pública. Consequentemente, os deputados federais e senadores, que são os que votam a matéria no Congresso Nacional, não estiveram presentes para debater o assunto.

O autor da proposta, vereador Cleiton Fossá (MDB), justifica que o objetivo da audiência era esclarecer “sobre o que pode ou não mudar na vida das pessoas”. Uma desculpa um tanto sem sentido, afinal, falta ainda a votação dos destaques na Câmara e a apreciação pelo Senado.

Ou seja, o que foi “esclarecido” na audiência pode ser ainda modificado no Congresso Nacional ou pelo próprio presidente Jair Bolsonaro, que pode vetar algum ponto aprovado. Neste caso, conforme a justificativa do vereador, o encontro deveria ser feito após a sanção da PEC.

DEIXE SEU COMENTÁRIO