Bruno Pace Dori
194 ARTIGOS
Formado em Comunicação Social pela Unochapecó, Bruno Pace Dori tem mais de 10 anos de experiência na área do jornalismo e assessoria. É editor de Política do Diário do Iguaçu e traz informações que são destaque em Chapecó e Santa Catarina.

Chapecó completa 102 anos

- Publicidade -
 

Chapecó completa 102 anos de emancipação neste domingo (25). Após a resolução da questão do Contestado, que envolvia Santa Catarina e o Paraná, a Lei nº 1147 foi editada em 25 de agosto de 1917, criando os municípios de Chapecó e Cruzeiro (atual Joaçaba) e Mafra e Porto União, que substituíram no território catarinense as cidades de Rio Negro e União da Vitória.

A antiga Xapecó compreendia originalmente toda a região Oeste de Santa Catarina, uma área de 13.958 quilômetros quadrados. Em 1920, segundo Censo realizado, a população era de 11.315 habitantes. A sede do município se revezava entre a vila de Passo Bormann (hoje Distrito de Marechal Bormann) e o distrito de Xanxerê (antiga Colônia Militar de Chapecó).

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

Em 9 de abril de 1931, a vila Passo dos Índios (atual cidade de Chapecó) se torna a sede do município. Naquela época, Xapecó tinha 13 distritos: Passo dos Índios (sede), Abelardo Luz, Barracão, Campo Erê, Caxambu, Cascalho, Faxinal dos Guedes, Guatambu, Mondaí, Itapiranga, São Domingos, Xaxim e Xanxerê. A grafia "X" foi alterada para "CH" em 23 de julho de 1947.

Antes disso, em 31 de março de 1938, o distrito sede (Passo dos Índios) passou a ser chamar Chapecó, igual ao município. Novos distritos foram criados, como São Carlos, em 1938; São Miguel do Oeste, em 1949; Descanso, Coronel Freitas e Águas de Chapecó, em 1950; e São Lourenço do Oeste, em 1951. A partir da década de 1950, os distritos foram se emancipando.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Chapecó deu origem a cerca de 90 municípios do Oeste e segue sendo o referencial político, cultural e econômico de toda a região. É a quinta cidade mais populosa de Santa Catarina e destaque nacional nas áreas do agronegócio e do cooperativismo. Atualmente, possui uma área de 626 quilômetros quadrados e população estimada em 216 mil habitantes (2018).

Desde 1995, são cinco distritos: Chapecó (sede), Alto da Serra, Figueira, Goio-En e Marechal Bormann. O distrito sede possui atualmente 50 bairros, divididos pelas áreas Norte, Sul, Leste, Oeste e Central, de acordo com o novo Plano Diretor, do ano de 2014. Chapecó segue tendo a importante missão de impulsionar o desenvolvimento econômico e social da região Oeste.

Formação administrativa de Chapecó

Elevado à categoria de vila com a denominação de Chapecó, pela Lei Estadual n.º 1.147, de 25-08-1917. Instalado em 14-11-1917.

Pela Lei Municipal n.º 1.260, de 05-09-1919, a vila de Chapecó passou a denominar-se Xanxerê. Nos quadros do recenseamento geral de 01-09-1920, a vila de Xanxerê é constituída do distrito sede.

Por Lei Estadual de 16-03-1923, a vila de Xanxerê passou denominar-se Rui Barbosa.

Pela Lei Municipal n.º 1645, de 03-10-1929, a vila voltou a denominar-se Xanxerê.

Pelo Decreto n.º 100, de 09-04-1931, a sede do município passou a denominar-se Passo dos Índios ou Passo Bormann.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município tem sua sede localizada na vila de Passo dos Índios é constituído de 13 distritos: Passo dos Índios, Abelardo Luz, Barracão, Campo Erê, Caxambu, Cascalho, Faxinal dos Guedes, Guatambu, Mondaí, Itapiranga, São Domingos, Xanxerê e Xaxim.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 86, de 31-03-1938, o município de Passo dos Índios voltou a denominar-se Chapecó, o distrito de Barracão a denominar-se Dionísio Cerqueira e o distrito de Cascalho a denominar-se Passarinhos.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 238, de 01-12-1938, é criado o distrito de São Carlos com território desmembrado do distrito de Passarinho (ex-Cascalho) e anexado ao município de Chapecó.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 14 distritos: Chapecó, Abelardo Luz, Campo Êre, Caxambu, Dionísio Cerqueira, Faxinal dos Guedes, Guatambu, Itapiranga, Mondaí, Passarinhos, São Carlos, São Domingos, Xanxerê e Xaxim.

Pela Lei Estadual n.º 247, 30-12-1948, o distrito de Passarinhos passou a denominar-se Palmitos.

Pela Lei Municipal n.º 25 - A, de 21-12-1949, é criado o distrito de São Miguel do Oeste, com território desmembrado dos distritos de Dionísio Cerqueira, Itapiranga e Mondaí e anexado ao município de Chapecó.

Em divisão territorial datada de 01-07-1950, o município é constituído de 16 distritos: Chapecó, Abelardo Luz, Campo Erê, Caxambu, Descanso, Dionísio Cerqueira, Faxinal dos Guedes, Guatambu, Itapiranga, Mondaí, Palmitos, São Carlos, São Domingos, São Miguel do Oeste, Xanxerê e Xaxim.

Pela Resolução s/n.º da Câmara Municipal, é criado o distrito de Águas de Chapecó, desmembrado do distrito de Caxambu e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Municipal n.º 7, de 18-11-1950, é criado o distrito de Descanso com território desmembrado do distrito de Mondaí e Itapiranga e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Municipal n.º 40, de 30-11-1950, aprovado pela Lei Estadual n.º 26, de 16-10-1951, é criado o distrito de Coronel Freitas e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Municipal n.º 23, de 22-08-1951 e Lei Estadual n.º 50, de 18-07-1952, é criado o distrito de São Lourenço, desmembrado do distrito de Campo Erê e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Estadual n.º 133, de 30-12-1953, são desmembrados do município de Chapecó os distritos Xanxerê, Abelardo Luz e Faxinal dos Guedes, para formar o novo município de Xanxerê. E ainda pela mesma Lei são desmembrados do município de Chapecó os distritos de Descanso, Dionísio Cerqueira, Itapiranga, Mondaí, Palmitos, São Carlos, São Miguel do Oeste e Xaxim, todos elevados à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 01-07-1955, o município é constituído de 7 distritos: Chapecó, Águas de Chapecó, Campo Erê, Caxambu, Coronel Freitas, Guatambu e São Lourenço.

Pela Resolução n.º 2, de 03-03-1956, é criado o distrito de Quilombo, desmembrado dos distritos de Coronel Freitas e São Lourenço e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Municipal n.º 3, de 10-08-1956, é criado o distrito de Itaberaba, desmembrado dos distritos de Guatambu e Caxambu e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Municipal n.º 4, de 11-05-1957, é criado o distrito de Cairu, desmembrado o distrito de Itaberaba e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Municipal n.º 5, de 11-05-1957, é criado o distrito de Marechal Bormann e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Municipal n.º 6, de 11-05-1957, é criado o distrito de Serrinha e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Estadual n.º 348, de 21-06-1958, são desmembrados de Chapecó os distritos de Campo Erê e São Lourenço do Oeste (ex-São Lourenço), ambos elevados à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído de 9 distritos: Chapecó, Cairu, Caxambu, Coronel Freitas, Guatambu, Itaberaba, Marechal Bormann, Quilombo e Serrinha.

Pela Lei Estadual n.º 763, de 06-10-1961, são desmembrados do município de Chapecó os distritos de Coronel Freitas e Cairu, para formar o novo município de Coronel Feitas. Sob a mesma Lei, é desmembrado do município de Chapecó o distrito de Quilombo. Elevado à categoria de município.

Pela Lei Estadual n.º 865, de 14-12-1962, é criado o distrito de Figueira e anexado ao município de Chapecó.

Pela Lei Estadual n.º 866, de 14-12-1962, é desmembrado do município de Chapecó o distrito de Caxambu. Elevado à categoria de município com a denominação de Caxambu do Sul.

Pela Lei Estadual n.º 881, de 05-04-1963, é criado o distrito de Cachoeira Alta e anexado ao município de Chapecó.

Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído de 7 distritos: Chapecó, Cordilheira Alta, Figueira, Goio-En, Guatambu, Itaberaba e Marechal Bormann.

Pela Lei Estadual n.º 4.130, de 26-01-1968, é criado o distrito de Alto da Serra e anexado ao município de Chapecó.

Em divisão territorial datada de 01-01-1979, o município é constituído de 8 distritos: Chapecó, Alto da Serra, Cordilheira Alta, Figueira, Goio-En, Guatambu, Itaberaba e Marechal Bormann.

Pela Lei Estadual n.º 8.354, de 26-09-1991, é desmembrado do município de Chapecó o distrito de Itaberaba. Elevado à categoria de município com a denominação de Nova Itaberaba.

Pela Lei Estadual n.º 8.482, de 12-12-1991, é desmembrado do município de Chapecó o distrito de Guatambu. Elevado à categoria de município.

Pela Lei Estadual n.º 8.557, de 30-03-1992, é desmembrado do município de Chapecó o distrito de Cordilheira Alta. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 01-07-1995, o município é constituído de 5 distritos: Chapecó, Alto da Serra, Figueira, Goio-En e Marechal Bormann.

DEIXE SEU COMENTÁRIO