Rodrigo Goulart
1643 ARTIGOS
Jornalista da editoria de esporte, Rodrigo aborda os lances da rodada e o que acontece no esporte do Estado. Visão crítica e apurada de quem entende do assunto.

Concórdia x Chape: Jogo para o Domingos Machado de Lima ferver. Estádio tem novo gramado

- Publicidade -
 

Concórdia vai receber uma equipe que até dezembro disputava a Série A do futebol brasileiro. Um clube que conquistou em poucos anos coisas que outros não ganharam em 50. Existe ainda a relação da boa vizinhança. O jogo contra a Chapecoense é cercado de expectativa na terceira maior cidade do Grande Oeste – fica atrás apenas de Chapecó e Caçador.

O duelo deste sábado (25), às 17h, no estádio Domingos Machado de Lima, marca a reestreia do Galo na elite estadual. De cara, o “clássico da linguiça”. Portanto, o fator casa pesa em favor dos concordienses. A torcida tende a fazer a sua parte. O time, por sua vez, vai apresentar uma motivação diferente. Trata-se de uma oportunidade (vitrine) para os jogadores do técnico Celso Rodrigues serem observados de perto por uma agremiação que, a partir de maio, jogará a Série B nacional.

A Chape, de Hemerson Maria, terá de entrar ligada nos 220 para não ser surpreendida. Digo surpreendida porque, apesar de atuar como visitante, ela que é a “grande” do confronto. Os anfitriões, que treinam há muito mais tempo, vão tentar imprimir um ritmo forte. O Verdão não pode se apequenar. Respeito? Sim. Mas o que é respeitar no futebol? Mostrar o máximo de sua capacidade, o que é muito diferente do só se defender. Promessa de um duelo pegado.

Novo gramado

A grande novidade da tarde deste sábado, no estádio Domingos Machado de Lima, será o tapete verde. A prefeitura de Concórdia investiu R$ 360 mil na troca da grama para o Galo do Oeste se adequar às exigências da Federação Catarinense de Futebol. Os campos do Catarinão estão padronizados. Acerta a entidade ao aplicar esta norma. Acaba com a reclamação de atletas e, principalmente, diminui os riscos de lesão.

Não cheguei a pisar no novo gramado (foto) do estádio Domingos Machado de Lima. Só vi as fotos. Está bonito, mas é possível que esteja um pouco duro ainda. Se estiver, normal. Lembro-me de quando a grama da Arena Condá foi trocada. Nos primeiros jogos, parecia que se estava jogando futebol em um piso de quadra. Porém, não demorou muito para ficar tudo ok. Parabéns à prefeitura de Concórdia por propiciar esta obra.

DEIXE SEU COMENTÁRIO