Cezar da Luz
148 ARTIGOS
Cezar da Luz é gaúcho de São Gabriel, aquerenciado há 40 anos em Chapecó. Na imprensa é colunista do Diário do Iguaçu/Folha de Chapecó e há 16 anos apresenta o programa Chama Nativa na Rádio Super Condá Am 610. Também é pesquisador e palestrante da história e cultura gaúcha.

Gaúchos choram a perda de dois grandes trovadores

A tradição gaúcha está de luto com a morte de dois grandes poetas e trovadores, Anestor Domingos Toniazzo, 68 anos, e Albeni Carmo de Oliveira, 69 anos.

A tristeza tomou conta e sensação de vazio é grande. O amigo Anestor morreu nesta quarta-feira (15), em Caxias do Sul (RS). Nascido em Alpestre (RS), ele também era conhecido como Teixeirinha, residia em Chapecó e no aniversário da cidade representou Santa Catarina no 1º Encontro de Trovadores, realizado no Parque Farroupilha.

No ano passado, eu tive a grata satisfação de recebê-lo no programa Chama Nativa, Rádio Super Condá Am 610, onde fez uma trova inédita com Turco Chaves. Anestor, em Chapecó, e o Turco a 600 quilômetros de distância, em São Gabriel (RS).

Em Brasília, onde morou por alguns anos, trovou com grandes valores, entre eles, o trovador Valdomiro Mello. Na capital federal, Anestor era sócio do CTG Jayme Caetano Braun, onde contava com grande prestigio.

Conforme informações de amigos próximos, faleceu vítima de infarto. Ele será sepultado nesta quinta-feira, as 16 horas, no Cemitério Municipal II, Caxias do Sul.

O amigo Joao Francisco Ioung Petrocelli versejou em sua homenagem.

Meu amigo Anestor,
Como faz o trovador;
De repente, de improviso,
Sem mandar nenhum aviso
Para os amigos que tinha;
Um abraço Teixeirinha
De quem te queria bem;
Bagagem sei que tu tem
Pra começar vida nova.
Te desejo boa trova,
Aí nos pagos do além!

O outro poeta e trovador que morreu na quarta-feira foi Albeni Oliveira, 69 anos.

De acordo com a RBS TV, ele era finalista do desafio Os Trovadores, do Jornal do Almoço.

Nesta quarta-feira, ele havia dado uma entrevista ao repórter Marco Matos, para uma série que vai contar o perfil de cada participante da etapa final do concurso, que acontece no Rodeio Internacional de Osório, no dia 25.

Conforme a família, Albeni morreu vítima de infarto.

Pealamos os versos de Chico Fighera, em homenagem a este taura que orgulhou nossas tradições.

Amigo-Irmão-Parceiro Albeni,
Pra ti sempre tirei o chapéu,
Laçava os versos na mente,
De repente, sem sovéu,
Vai fazer falta na terra,
Mas vai alegrar o Céu.
Honrou a farda da Brigada,
No verso era campeão,
Um soldado da família,
Do tradicionalismo um peão,
Na passagem por este mundo,
Cumpriu a sua missão,
E ontem, quando foi chamado,
Não soube dizer que não.

Albeni finalista do desafio Os Trovadores, do Jornal do Almoço.


Anestor (bombacha clara) trovando com Valdomiro Mello, em Brasília.


DEIXE SEU COMENTÁRIO