Bruno Pace Dori
485 ARTIGOS
Formado em Comunicação Social pela Unochapecó, Bruno Pace Dori tem mais de 10 anos de experiência na área do jornalismo e assessoria. É editor de Política do Diário do Iguaçu e traz informações que são destaque em Chapecó e Santa Catarina.

Incrível é ninguém ainda estar preso pela compra dos respiradores

- Publicidade -
 

Enquanto a compra dos 200 respiradores por R$ 33 milhões é caso de polícia, ninguém ligado à administração estadual até agora assumiu sua responsabilidade. Na CPI, ninguém sabe de nada e um joga a responsabilidade no colo do outro, pois é muito duro de explicar:

Pagar quase três vezes mais do que o preço de mercado, equipamentos que não servem para uso em UTI, e contratar uma empresa que não possui habilitação para esse tipo de negócio. Apenas 50 aparelhos chegaram ao Estado, sendo que os demais, ninguém sabe.

O que fica escancarado, no mínimo, é a grande incompetência de quem fez essa operação. Isso que as investigações devem concluir pelo superfaturamento e outras irregularidades da compra. Os cofres públicos foram lesados. Incrível é que ninguém ainda foi preso!

DEIXE SEU COMENTÁRIO