Bruno Pace Dori
301 ARTIGOS
Formado em Comunicação Social pela Unochapecó, Bruno Pace Dori tem mais de 10 anos de experiência na área do jornalismo e assessoria. É editor de Política do Diário do Iguaçu e traz informações que são destaque em Chapecó e Santa Catarina.

João Rodrigues desiste de buscar vaga de deputado no STF

- Publicidade -
 

Em uma transmissão pelo Facebook na noite de sexta-feira (7), o ex-deputado federal e ex-prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), acompanhado pela esposa Fabiana, anunciou a decisão de desistir do recurso junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para buscar uma vaga na Câmara Federal. Seu advogado, Marlon Bertol, já protocolou o pedido de desistência.

Rodrigues fez uma retrospectiva de sua trajetória pessoal e política, desde o início de sua carreira de radialista em Pinhalzinho, os dois mandatos de prefeito de Chapecó e sua eleição como deputado federal. Ele disse que cansou de esperar pela Justiça por reconhecimento dos quase 70 mil votos conquistados em 2018, que lhe dariam a reeleição como deputado federal.

Voltou a afirmar que foi vítima de grande injustiça e que não fez nada de errado. Conforme ele, a própria Justiça já reconheceu que não houve desvio de dinheiro ou danos ao erário no caso da retroescavadeira, motivo pelo qual não teve os votos validados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Agradeço aos amigos pelos votos, mas é hora de parar de sofrer”, disse.

Por fim, Rodrigues deu o assunto do mandato de deputado por encerrado e comentou sobre um recomeço, em uma clara demonstração de que está disposta a concorrer à Prefeitura de Chapecó na próxima eleição, em outubro de 2020. Nos bastidores, ele já articula a formação da chapa do PSD à Câmara Municipal e busca o apoio de lideranças e de outros partidos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO