Thiago Freitas
299 ARTIGOS
Jornalista e colunista do Diário do Iguaçu.

Lifting não cirúrgico, é a nova tendência nos tratamentos facial e corporal

- Publicidade -
 

A flacidez é um sinal comum do envelhecimento da pele, tanto no rosto, quanto no corpo. Mas você sabia que há como preveni-la e até mesmo tratá-la? Com os avanços tecnológicos no campo da estética, hoje em dia é possível conquistar uma face mais firme e com menos rugas, melhor desenhada e até mesmo um peitoral mais definido, sem flacidez através de tratamentos menos invasivos, com o uso da tecnologia do ultrassom microfocado.

Em Chapecó, o Herus Hifu é o aparelho com esta tecnologia não invasiva que vem tratando e estimulando  as camadas mais profundas da pele. Os cursos são ministrados pela estética Tali Galon, e já formou diversas profissionais da área que já vem oferecendo a tecnologia em suas clínicas de estética.



Por meio de micro pontos de coagulação, o aparelho estimula a produção de colágeno e elastina de forma prolongada, fortalecendo a pele de dentro para fora.

Com o tratamento o SMAS, que são as fibras musculares que sustentam a pele, se contraem produzindo um efeito lifting, as vezes imediato e que evolui ao longo do tempo perdurando por até 6 meses de efeitos fisiológicos.



Ao invés de tratar a ruga já existente, o ultrassom microfocado também atua de modo preventivo evitando que a ruga dinâmica (aquela que aparece com o rosto em movimento) se torne profunda e transforme-se numa ruga estática.

"Não é impossível indicar exatamente a idade ideal para o início de um tratamento mas de modo geral as primeiras marcas começam a surgir entre os 25 e 30 anos", explica Tali.

DEIXE SEU COMENTÁRIO