Rodrigo Goulart
1425 ARTIGOS
Jornalista da editoria de esporte, Rodrigo aborda os lances da rodada e o que acontece no esporte do Estado. Visão crítica e apurada de quem entende do assunto.

Para não passar em branco: a perda de mando do Avaí

O Pleno do TJD julgou, na noite de quinta-feira (23), o recurso do caso envolvendo o Avaí na final do Catarinão. Os torcedores invadiram o gramado da Ressacada para comemorar antes da arbitragem finalizar o jogo.

Em primeira instância, o Leão da Ilha foi apenas multado. Agora, em nova análise, perda de dois mandos de campo no próximo Estadual e multa de R$ 4 mil. Sanção leve, ainda. A decisão pode ser recorrida ao Pleno do STJD.

Li no Twitter alguns dizendo que agora, com a perda de mandos do Avaí, acaba a “choradeira”. Parabéns àqueles que pensam assim. Vá falar em “choradeira” a quem teve equipamento profissional furtado devido à baderna que se instalou após a invasão do campo.

Vá falar isso também aos profissionais que foram hostilizados e, inclusive, agredidos enquanto trabalhavam. Os jogadores da Chape tiveram que deixar o gramado da Ressacada correndo. Por questão de segurança, não voltaram para receber a premiação.

Dois jogos de perda de mando e multa de “quatro pila” é pouco.

DEIXE SEU COMENTÁRIO