Rodrigo Goulart
1744 ARTIGOS
Jornalista da editoria de esporte, Rodrigo aborda os lances da rodada e o que acontece no esporte do Estado. Visão crítica e apurada de quem entende do assunto.

Regulamento da Segundona mostra que Federação acredita na retomada do Catarinense

- Publicidade -
 

A Federação Catarinense de Futebol está otimista quanto ao prosseguimento do Estadual, tanto que o regulamento da Segundona 2020 – publicado na semana passada, atendendo determinação do Estatuto do Torcedor – prevê o acesso de três times para a Série A de 2021, ou seja, mantendo o que fora combinado ainda no ano passado. Esta definição respinga na primeira divisão deste ano. Explica-se.

Já está certo que o Catarinão de 2021 será disputado por 12 times. Por isso que neste ano cai apenas um e sobem três. Porém, com a escassez de datas provocada pelo novo coronavírus, cogitou-se nos bastidores a conclusão do Estadual do jeito que está, sem rebaixamento. Neste caso, permaneceriam os 10 da Série A e subiriam dois, mas o regulamento da Segundona já saiu e indica o acesso de três.

Esta ideia – sem queda e ascensão de dois – seria benéfica aos clubes de SC, no que diz a calendário. Afinal, após o Catarinão, oito times do Estado vão disputar brasileiros. Mas manda quem pode, obedece quem tem juízo. Vamos aguardar para ver o que as autoridades do meio decidirão. Pelo atual fraco nível técnico do Catarinense, 12 participantes é um exagero. Subir três, então, nem se fala.

DEIXE SEU COMENTÁRIO