Bruno Pace Dori
480 ARTIGOS
Formado em Comunicação Social pela Unochapecó, Bruno Pace Dori tem mais de 10 anos de experiência na área do jornalismo e assessoria. É editor de Política do Diário do Iguaçu e traz informações que são destaque em Chapecó e Santa Catarina.

Valor do novo Contorno Viário fica R$ 18,3 milhões abaixo do que era estimado

- Publicidade -
 

Está em fase de homologação o processo licitatório de construção do Contorno Viário Extremo Oeste, ligação entre a BR-282 e a SC-283. A vencedora do certame, feito na modalidade menor preço, foi a Construtora Oliveira Ltda. O valor da obra era estimado em R$ 54,6 milhões, mas, a proposta vencedora foi de R$ 36,3 milhões, ou seja, R$ 18,3 milhões abaixo do valor previsto.

Uma explicação é a queda no mercado internacional do valor do Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP). Quando o projeto foi feito estava em um preço bem acima do que quando a licitação foi lançada, o que permitiu a redução no custo previsto de construção deste novo contorno viário. Ainda, britadeira da Construtora Oliveira fica próxima ao local, diminuindo custos de logística.

Como a licitação está em fase de homologação, a Prefeitura de Chapecó ainda não confirma as informações, que foram obtidas pelo blog através de fontes. O que já está oficializado, porém, é que o governo do Estado vai liberar já nos próximos dias a primeira parcela, no valor de R$ 5 milhões, para dar início à construção do Contorno Viário logo após a homologação da licitação.

Ao todo, foi prometida pela administração estadual a destinação de R$ 25 milhões para a obra. Após o fim do trâmite licitatório e com os R$ 5 milhões em caixa, a Prefeitura de Chapecó dará a ordem de serviço para o início da construção, possivelmente até julho. A expectativa é que a nova rodovia, que terá 11,4 quilômetros de extensão, leve até dois anos para ser finalizada.

Correção

Originalmente, foi publicado na quarta-feira (3) que a proposta vencedora foi de R$ 33,3 milhões, ou seja, R$ 21,3 milhões abaixo do valor previsto. Porém, houve um erro na informação repassada, já que, na verdade, a proposta vencedora foi de R$ 36,3 milhões, portanto, o valor correto abaixo do previsto fica em R$ 18,3 milhões. O texto foi corrigido na manhã de quinta-feira (4).

DEIXE SEU COMENTÁRIO