Bruno Pace Dori
561 ARTIGOS
Formado em Comunicação Social pela Unochapecó, Bruno Pace Dori tem mais de 10 anos de experiência na área do jornalismo e assessoria. É editor de Política do Diário do Iguaçu e traz informações que são destaque em Chapecó e Santa Catarina.

Vereadores usam diárias para participarem de cursos e congressos

- Publicidade -
 

A reportagem publicada pelo Diário do Iguaçu a respeito da utilização de diárias por parte de 18 vereadores e suplentes de Chapecó – somando pouco mais de R$ 117 mil – repercutiu nas redes sociais. Importante salientar que diária deveria ser utilizadas para viagens atrás de busca de recursos para Brasília (DF) e/ou Florianópolis, que é o que alguns vereadores até fazem.

Se mostrarem resultados e trouxerem dinheiro para Chapecó, não há problema alguns. Porém, outros vereadores têm utilizado as diárias para participar de congressos e cursos, que em nada agregam à população, a não ser eles mesmos. Ou seja, é o contribuinte chapecoense pagando, além dos mais de R$ 11 mil em salários, mais esse tipo de benefício aos parlamentares.

Saiba mais: Câmara Municipal de Chapecó gastou R$ 117 mil em diárias em 2019

Cinco vereadores dos que estavam na Câmara no ano passado não utilizaram diárias em 2019. Aderbal Pedroso (PSD), Cleiton Fossá (MDB), Joãozinho Siqueira (PP), João Marques Rosa (PSB) e Valdemir Stobe, Tigrão (PTB). Não há nada de irregular no uso de diárias, mas, elas deveriam ser mais bem regradas pela Câmara, sendo permitida apenas em casos de audiências oficiais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO