450 crianças e adolescentes receberão kit de alimentação em Chapecó

Kits contam com alimentos de cesta básica e produtos de limpeza

- Publicidade -
 

450 crianças e adolescentes receberão kit de alimentação em Chapecó. Com a pandemia causada pelo Covid-19, diversas atividades foram suspensas e o atendimento precisou ser revisto. Uma delas é o atendimento nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Familiares e Comunitários (SFCV), serviço que atende crianças e adolescentes no contraturno escolar e é oferecido pela Administração Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social.

No espaço do SFCV, são desenvolvidas atividades para crianças e adolescentes de 0 a 17 anos, encaminhadas pelos CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. São atendidos em média, 450 crianças e adolescentes, por cerca de 30 profissionais, entre monitores sociais desportivos, pedagogos, artes, estagiários e auxiliares de serviços internos. Os espaços oferecem oficinas de artes, esporte, socioeducação e alimentação.

Como o espaço está fechado para atendimento desde o início da pandemia, essas crianças e adolescentes ficaram desassistidas, especialmente no quesito alimentação. Por isso, a SEASC pensou em uma estratégia para oferecer a alimentação mesmo sem o atendimento estar acontecendo nos serviços.

::. Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região

Entrega dos kits

A entrega dos kits com alimentos para essas crianças e adolescentes atendidas pelos programas inicia nesta sexta-feira (22). Após processo de licitação, a empresa contratada entregará os kits montados que serão entregues as famílias nos SFCV de cada bairro.

As famílias podem procurar o SFCV nesta sexta-feira (22) das 8h às 18h e retirar o seu kit para levar para casa. O kit terá achocolatado, biscoito doce e salgado, fermento para pão e bolo, frutas, legumes, ovos, leite, água sanitária e sabão em barra. Eles serão entregues às famílias mensalmente, enquanto durar a pandemia e o serviço estiver fechado. A empresa vencedora da licitação é a AP Oeste Distribuidora e Comércio de Alimentos LTDA e o valor investido é de R$ 104.650,02.  

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Douglas Borba é preso preventivamente na Operação Oxigênio
Argentina prorroga quarentena obrigatória até 28 de junho
6.720 catarinenses estão recuperados do coronavírus
Hospital de Xanxerê receberá mais 10 respiradores entregues pela WEG
Pesquisa sobre avanço do coronavírus em Chapecó vai até sábado (6)
Chapecó chega a 1.129 casos de coronavírus
Ansiedade: como lidar com ela no cenário em que vivemos?
Santa Catarina confirma 10.532 casos e 156 mortes por covid-19
Hospital de Xanxerê está com 90% da UTI ocupada
Frigoríficos começam a se adequar à proteção de indígenas no Oeste