Estado pede a federalização da SC-283

Documento enviado pelo governo ao MP solicita que a rodovia passe a ser uma BR

- Publicidade -
 

Concórdia – O Ministério Público Federal em Concórdia recebeu no início dessa semana um documento do Governo do Estado pedindo a federalização da SC-283 entre Concórdia e Itapiranga, no Extremo-oeste catarinense. O assunto já havia sido tratado pela ministra Ideli Salvatti em viagem a Concórdia no começo do ano. A intenção do governo federal é de assumir a responsabilidade da rodovia e a partir da implantação de pedágio na BR-153, viabilizar melhorias no trecho que compreende em aproximadamente 235 quilômetros.

A SC-283 corta várias cidades da região, passando por Concórdia, Seara, Chapecó, Palmitos, Mondaí e Itapiranga. O Ministério Público Federal deverá acompanhar os desdobramentos da situação. Segundo as informações contidas no documento encaminhado pelo Estado confirma que no projeto original a SC-283 seria uma rodovia de responsabilidade da União, porém foi cedida ao governo de Santa Catarina.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) deve avaliar a situação nos próximos meses e se posicionar sobre o caso. Como Ideli confirmou o interesse da União pela rodovia a tramitação deverá ser mais rápida. Depois da implantação do pedágio na BR-153 sentido Concórdia, a previsão é melhorar as condições de tráfego na SC-283. Existe um projeto para duplicação de alguns trechos da rodovia que será federalizada.

 

Importância 

A SC-283 é uma das principais rodovias que liga a região Oeste e Meio Oeste com o litoral catarinense e o centro do país. A produção da região de suínos e aves e escoada pela SC-283. Ainda não é possível projetar as melhorias na rodovia, mas a previsão do Governo Federal é licitar ainda nesse ano a implantação do pedágio na BR-153 do Paraná/Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Um dos postos de pedágio será instalado em Concórdia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mulher é encaminhada pelo Sara/Saer para o HRO em Chapecó
Prefeitura de Maravilha alerta para fraude com cheque
Golpistas estão usando nome do município de São Miguel do Oeste
Lei que suspende pagamento de parcelas do Fies é sancionada
Paciente de Palmitos é transferido com urgência para Xanxerê
Ex-secretário tem condenação confirmada por humilhar enfermeira no Oeste
Detonações de rochas estão marcadas para esta sexta-feira (10) em Maravilha
Polícia conclui investigação de roubo em farmácia de Pinhalzinho
Homem cai da moto em São Miguel do Oeste
Atendimento aos estudantes com atividades não presenciais alcança 97% da rede estadual de ensino