Ações de prevenção contra o câncer de pele acontecem neste sábado (7) em Chapecó

Durante a manhã, equipe de dermatologistas farão avaliações e triagem de pacientes com suspeita da doença. Atividade será no CRESM

- Publicidade -
 

O próximo sábado (7), será marcado por ações de prevenção e combate ao câncer de pele em Chapecó. Durante a manhã, das 8h às 12h, médicos dermatologistas voluntários farão o atendimento, avaliação e triagem de pacientes com suspeitas da doença em atividade que será realizada no Centro de Referência em Saúde Municipal (CRESM), localizado na Rua Sete de Setembro, 101, no centro de Chapecó.


A ação é uma parceria da Secretaria de Saúde do município com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, para marcar as ações do Dezembro Laranja. Durante a manhã, haverá orientação e triagem dos pacientes e em caso de necessidade, serão encaminhados aos serviços da rede municipal.

 

180 mil novos casos por ano


Conforme a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o câncer da pele é o tipo da doença mais incidente no Brasil, com cerca de 180 mil novos casos ao ano, mas quando descoberto no início, tem mais de 90% de chance de cura.

Durante o mês de dezembro, são focados como identificar os principais sinais do câncer de pele para contribuir com o diagnóstico e tratamento precoce.

 

O que é o câncer de pele?


O câncer de pele é uma doença provocada pelo crescimento anormal das células. Existem diferentes tipos de câncer da pele que podem se manifestar de formas distintas. Os mais comuns são os chamados carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular – chamados de câncer, não melanoma – e que apresentam altos percentuais de cura se diagnosticados e tratados precocemente.


Eles aparecem principalmente em pessoas de pele clara e geralmente acima dos 40 anos, que tomaram muito sol durante a vida - seja por causa do trabalho ou atividades recreativas. Eles podem começar com pequenas feridas no rosto, braços ou tronco e que não cicatrizam (mais de 30 dias sem sinal de cicatrização indica lesão suspeita) e por vezes sangram sem motivo ou com pequenos traumas (ao passar uma toalha do banho ou ao vestir uma roupa).


Um terceiro tipo, o melanoma, apesar de não ser o mais incidente, é o mais agressivo e potencialmente letal. Quando descoberta no início, a doença tem mais de 90% de chance de cura.


São pintas ou manchas escuras, que podem ser lesões preexistentes que evoluem ou mancha novas crescem com bordas irregulares, ganham cores variadas (marrom claro, marrom, escuro, preto, cinza, azulado) tornando a lesão assimétrica. São mais frequentes em pessoas de pele clara, olhos, claros, cabelos claros ou ruivos, que tiveram ou tem sardas e que tiveram queimadura solar intensa (com bolhas) na infância e quando jovem.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Justiça condena agente público que usou carro oficial para ir a um motel no Meio-Oeste
Caminhão invade casa em São Miguel do Oeste
Hospital de Xanxerê fará simulado de incêndio na próxima semana
Casal indenizará motorista de aplicativo, após o chamarem de "psicopata" em rede social
Fabricante japonesa é condenada por acidente que envolveu ex-prefeita de Catanduvas
Casal de Chapecó será indenizado pelo Estado pela morte do filho
Homem corta pé com motosserra em Itapiranga
Semana de temperaturas altas em Santa Catarina
Trânsito perto da Arena Condá terá alterações nesta terça-feira (10)
Manifestação pede socorro para a BR-163 no Extremo Oeste