Acusado de tentar extorquir mulher ameaçando divulgar fotos íntimas seguirá preso

Decisão foi da 3ª Câmara Criminal do TJSC, negando habeas Corpus. Vítima é moradora de São Miguel do Oeste

A 3ª Câmara Criminal do TJ negou habeas corpus de um homem preso preventivamente após tentativa de extorsão nas redes sociais. Segundo denúncia, o homem cobrava para não publicar fotos íntimas que tinha de uma mulher.

No Habeas Corpus, a defesa do réu sustentou a incompetência do juízo de origem, estabelecido na comarca de São Miguel do Oeste, uma vez que o suspeito é residente na cidade de Romelândia, que pertence à comarca de Anchieta.

Por conta disso, acrescentou, todos os atos decisórios do processo, inclusive o decreto de prisão preventiva, deveriam ser declarados nulos.


::: Acompanhe as notícias do dia

O desembargador Leopoldo Brüggemann, relator da matéria, negou o pleito por entender que aconteceu no local em que a vítima tomou conhecimento da ameaça. Ou seja, aconteceu quando a vítima recebeu e abriu mensagem do aplicativo WhatsApp em São Miguel do Oeste.

 

Ele continuou ameaçando e ela procurou a delegacia de polícia mais próxima, onde registrou os fatos que motivaram a instauração de inquérito policial. Neste sentido, a câmara, de forma unânime.


::: Participe do nosso grupo de WhatsApp

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Metade das adoções em Chapecó foram de grupos de irmãos
Cerca de 5 mil crianças precisam ser vacinadas contra a gripe em Chapecó
Temperaturas baixas neste fim de semana em SC
Família doa 400 livros para escola de Concórdia
Família encontra jovem que estava desaparecida
Novo equipamento para tratamento de câncer já está funcionando no HRO
Homens são os que mais morrem de acidentes no trânsito
[ENCONTRADA] Família procura adolescente desaparecida em Chapecó
Estrada é interditada após desabamento de passador de gado em Iporã do Oeste
Caminhonete sai da pista na BR-282 em Xanxerê