Adversário de Maninho De Nes na eleição, Mano Dal Piva é o novo vice de futebol da Chape

Ele entra no lugar de Cleimar Spessatto, a partir de 9 de dezembro

- Publicidade -
 

A Chapecoense terá um novo vice-presidente de futebol a partir do próximo mês. Trata-se de Cesar Antonio Dal Piva, o Mano. Ele assume o posto no dia 9 de dezembro no lugar de Cleimar Spessatto, que confirmou na semana passada ao Diário do Iguaçu que deixaria o cargo após a Série A do futebol brasileiro.

O clube do Oeste catarinense anunciou Mano Dal Piva na tarde desta quinta-feira (14). Conforme nota divulgada no site oficial da agremiação verde-branca, a definição do nome para comandar o futebol ocorreu em reunião do conselho gestor, formado pelas diretorias dos conselhos administrativo e consultivo. Mano tinha forte ligação com o ex-presidente Sandro Pallaoro, que perdeu a vida na tragédia aérea de 29 de novembro de 2016 na Colômbia.

Mano Dal Piva foi diretor das categorias de base da Chape entre 2013 e 2018. Antes das eleições do ano passado, ele saiu da função por discordar da formação como o Verdão era conduzido e concorreu à presidência pela chapa de oposição, perdendo por maioria de votos para Plínio David De Nes Filho, o Maninho, que renunciou no início deste mês, menos de um ano após a reeleição, alegando confronto de ideias com alguns membros da direção.

Até 9 de dezembro, Spessatto continuará respondendo pela função, mas, desde já, Dal Piva auxiliará nas atividades desenvolvidas pelo departamento de futebol. Posteriormente, se dará a posse de forma estatutária. Este cargo não é remunerado e só pode ser ocupado por conselheiros, assim como as demais funções eletivas.

A volta de Mano Dal Piva vai de encontro com uma declaração recente do presidente Paulo Magro, de que não havia mais situação e oposição no Verdão. Outro ex-oposicionista anunciado nesta semana para a diretoria é Gilson Sbeghen, para a vice-presidência de Administração e Finanças. Esta cadeira pertencia a Paulo Magro, que assumiu o comando do clube após a renúncia de Maninho.

Recentemente, a Chapecoense também comunicou que Ilan Bortoluzzi Nazário será o novo vice-jurídico, entrando na vaga de Cesair Bartolamei, que também se desligou. Falta definir agora o vice de Marketing e Patrimônio, cargo deixado por Luiz Antônio Danielli em outubro.

Com a nomeação de Mano Dal Piva, aumenta a especulação em torno da volta de João Carlos Maringá para o departamento de futebol da Chape, exercendo função remunerada. Maringá seria o diretor de futebol se Mano tivesse vencido a eleição em dezembro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Com desfalques e auxiliar no comando, Chape enfrenta Vasco pela última rodada do Brasileirão
Chapecoense se despede da Série A no maior templo do futebol brasileiro, o Maracanã
Chapecoense participa de ações sociais com presença de atletas
Sai Marquinhos, chega Hemerson: reformulação do time da Chape começa pelo comando
Lateral Eduardo desabafa após vitória da Chape e critica ex-presidente Maninho De Nes
Chapecoense se despede com vitória da Arena Condá na Série A do futebol brasileiro
Chape define vinda de Hemerson Maria e já trata da montagem do grupo com o técnico
Contra o CSA, Chapecoense se despede da Arena Condá na temporada de 2019
Casquinha, ex-presidente da Chapecoense e vereador de Chapecó, morre aos 68 anos
Sorteio de carro é atração de Chapecoense x CSA, um rebaixado e outro quase