Agente de trânsito Mirim: As crianças dão o exemplo

Trinta alunos do Colégio Marista São Francisco participam do Projeto Agente de Trânsito Mirim, lançado na manhã desta quarta-feira (25)

- Publicidade -
 

 Trinta estudantes da 4ª série do Colégio Marista São Francisco deram uma lição de trânsito na manhã desta quarta-feira (25), durante o lançamento do projeto Agente de Trânsito Mirim.


Após um período onde eles receberam orientações e instruções sobre trânsito, atividade me conjunto com os Agentes de Trânsito da Prefeitura de Chapecó, eles foram para a rua onde ajudaram a fazer o controle do trânsito na frente da escola onde estudam.


Vestidos como agentes, munidos de apitos e placas de sinalização, os estudantes ajudaram na travessia dos colegas e pedestres, também sinalizaram para os carros pararem e seguirem, conforme o fluxo dos veículos e de pessoas na rua.


O projeto piloto é uma iniciativa da Prefeitura de Chapecó, por meio da Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade Urbana, e do Colégio Marista São Francisco, justamente pelo grande fluxo de veículos registrado nos horários de entrada e saída de alunos.


“Nós queremos, a partir deste Projeto, gerar responsabilidade social. A ideia é chamar a atenção dos pais para esta responsabilidade, pois no momento em que eu tenho meu filho fazendo a orientação de trânsito, cria também esse efeito psicológico da noção de que eu replico pelo exemplo. A ação auxilia na criação de uma consciência coletiva sobre a construção conjunta de uma cidade mais segura e responsável no trânsito”, explica a Secretária de Defesa do Cidadão e Mobilidade, Luciane Stobe.


A atividade também faz parte do Projeto de Intervenção Social (PIS) do colégio que busca viabilizar soluções e iniciativas voltadas à orientação e conscientização sobre a segurança e respeito às regras de trânsito. “As questões de mobilidade urbana são pauta dos nossos debates há um bom tempo e a gente observa junto aos pais estes problemas de fluidez e intolerância no trânsito nestes horários de entrada e saída de alunos”, comenta a diretora do Colégio Marista São Francisco, Marcia Maria Rosa.


De acordo com a prefeitura, as ações serão realizadas sempre com o acompanhamento dos Agentes de Trânsito, nas Ruas Floriano Peixoto e Condá, nos turnos da manhã e tarde, de forma esporádica para simular uma fiscalização de rotina.

O projeto também prevê ampliar a atividade para outras escolas, criando uma rede de multiplicadores de boas atitudes.

As escolas que tiverem interesse podem procurar a Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade Urbana para pegar mais informações e aderir ao projeto.


A ação encerra a Semana Nacional do Trânsito de Chapecó que começou no dia 18 de setembro, quando diversas atividades educativas foram realizadas para alertar sobre o trânsito no Município.





 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Cadeirinha salva criança em acidente na BR-101 em Guaruva
PRF flagra embriaguez, falta do cinto e ultrapassagens proibidas em SC
Moto com 10 anos de licenciamento vencido e R$ 29 mil em multas é apreendida em Chapecó
Operação Salvando Vidas: PMRv inicia ação para reduzir número de acidentes com mortes no Oeste
Detran fará validação facial para emissão de CNH em Santa Catarina
Já pensou em ir de bike para o trabalho?
18 indenizações por morte são pagas a cada grupo de 100 mil habitantes
Agente de trânsito Mirim: As crianças dão o exemplo
Desatenção e imprudência: flagrantes do trânsito chapecoense
Pedestre, a responsabilidade por um trânsito seguro também é sua