Alan Ruschel garante desejo de ficar na Chapecoense, mas avisa: futebol é feito de oportunidades

Lateral esquerdo tem sido alvo de sondagens de times do Brasil e do exterior

- Publicidade -
 

Ao ser perguntado sobre o futuro, Alan Ruschel garante que quer continuar na Chapecoense, mas também lembrou que o futebol é "dinâmico” e “feito de oportunidades”. Neste período de paralisação dos campeonatos, por conta da pandemia do novo coronavírus, uma possível saída do lateral esquerdo ganhou espaço no noticiário esportivo. O contrato do jogador, 30 anos, vai até o fim desta temporada.

“A gente sabe que o futebol é muito dinâmico, e, quando você joga, algumas especulações, algumas sondagens, acontecem. Mas, já expus para a direção e para a comissão técnica do meu desejo, da minha vontade (de permanecer no Verdão). Mas, futebol também é feito de oportunidades”, comentou Alan Ruschel, em entrevista coletiva. Ele é um dos seis sobreviventes da tragédia aérea de novembro de 2016 na Colômbia. Morreram 71 pessoas no desastre.

A pouco mais de seis meses do encerramento do seu vínculo contratual, Alan Ruschel sonha em ajudar a Chape a voltar à Série A do Campeonato Brasileiro. “O meu desejo é conquistar coisas grandes pelo clube ainda, quem sabe, um acesso nesse ano. Claro, com os pezinhos no chão. A gente tem que trabalhar muito para que isso aconteça”, afirmou o atleta. A agremiação do Oeste catarinense foi rebaixada em 2019.

Porém, Alan Ruschel voltou a deixar a sequência da carreira em aberto, mesmo reafirmando a vontade de continuar no time verde-branco. “Já passei do meu desejo (de ficar) para a direção e para a comissão. Mas, como eu falei também, futebol às vezes é feito de oportunidades e eu busco coisas grandes ainda dentro do futebol. Tenho sonhos, desejos, como qualquer outro atleta”, disse.

O colunista Rodrigo Goulart, do Diário do Iguaçu, noticiou, no fim de abril, a possibilidade de Alan Ruschel deixar a Chapecoense em breve. O lateral fora oferecido por agentes a clubes do exterior, e uma equipe dos Emirados Árabes Unidos cresceu o olho. As negociações avançaram até certo ponto, mas estagnaram. Um time do mercado nacional demonstrou interesse no jogador nos últimos dias. As conversas estão na fase inicial.

Alan Ruschel jogou todas as partidas do Verdão em 2020, sem sequer ser substituído. Foram 11 compromissos, nenhum gol. Um dos mais experientes do grupo, o lateral também usou a braçadeira de capitão da Chape. Ele participa dos treinos presenciais, que foram retomados na semana passada, com o restante do elenco. As competições estão suspensas devido à covid-19. A Série A do Catarinense ficará parada pelo menos até 5 de julho, conforme decreto do governador do Estado, Carlos Moisés.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chapecoense cria vaquinha virtual para honrar compromisso com os colaboradores
Atacante Roberto, da Chapecoense, segue internado após diagnóstico de coronavírus
Chapecoense volta para Chapecó e prepara nova rodada de testes para covid-19
Federação Catarinense adia jogos das quartas de final
Chapecoense vence o Avaí no retorno do Campeonato Catarinense
Chapecoense e os consulados de Grêmio e Inter se unem em ação solidária em Chapecó
Vamos torcer juntos pelo Verdão!
É hoje! Jogo entre Chapecoense e Avaí marca o retorno do Catarinão 2020
Chapecoense fará novos exames para covid-19 nos jogadores
Goleiro João Ricardo: temos que manter o sistema defensivo forte